Tempoesia… de Gustavo Dourado nos dá múltiplas interpretações. Tem poesia? Tempo é poesia? Onde está a poesia? Descubra!

Bailarino o tempo dança no vácuoco:
Voavoa vazio em nosso espaço vital
Atemporal circunavega o infinieterno
Vai e vem em temporada e temporal
Vem e vai pelas sendas do destino:
Saudade do bom tempo de menino

Que o tempo conosco caminhe solidário:
Que nos acompanhe no espaço solitário
Que a nossa viagem seja cristalina
E que a fênix jorre lux diamantina…

 

Gustavo Dourado é Presidente da Academia Taguatinguense de Letras, escritor , cordelista e parceiro da ALANEG – Academia de Letras e Artes do Nordeste Goiano/RIDE.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossos produtos. É, também, com um percentual dessas vendas, que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, do povo Krenak, em Minas Gerais, do Museu Kalunga Iaiá Procópia, em Goiás e do povo Xavante, no Mato Grosso. Ao comprar em nossa Loja Xapuri, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Contamos com você! WhatsApp: 61 9 99611193.

 

%d blogueiros gostam disto: