O tecido tradicional de Timor-Leste chama-se TAIS e é elaborado artesanalmente em teares, por meio de uma técnica de tecelagem criada pelas mulheres timorenses.

Trata-se de um tecido que, por meio das cores, dos motivos e das técnicas utilizadas em sua  produção, retrata a  diversidade étnico-linguística do Timor-Leste, mantendo a identidade de cada região.

Os TAIS são utilizados  para a ornamentação cerimonial, decoração e vestuário.

tais-www-timortreasures-com-x

Embora várias cores sejam utilizadas na produção do tecido, o vermelho é a cor dominante.

Para muitas comunidades timorenses,  a cor vermelha  está tradicionalmente associada à vida, ao sangue e à coragem.

 Tradicionalmente, também se usa muito o preto e o amarelo.  Diz-se que quanto mais preto houver no tecido, maior a  importância da pessoa a quem se destina.

Os TAIS usados em cerimônias celebram as várias fases da vida de uma pessoa, de uma família ou de  uma comunidade, como a  apresentação de um recém-nascido, um casamento, um enterro, a inauguração de uma casa, de uma escola, ou uma festa comunitária.

Nas cerimônias oficiais, complementa-se o uso do TAIS  com plumas, ouro, coral ou prata e outros adornos típicos, principalmente para as danças.

Os homens usam tradicionalmente a tais mane, que enrolam ao redor da cintura. As mulheres usam o tais feto, uma forma de vestido sem alças.

Os tecidos são realizados maioritariamente por mulheres, sendo, por sua simbologia e importância, uma atividade bastante respeitada nas comunidades.

A principal fibra utilizada é o algodão, em geral fiado à mão nos locais onde é cultivado.

Recentemente, com a entrada de produtos globalizados no Timor-Leste,  o TAIS passou a ser produzido também industrialmente,  com fibras sintéticas e fios pré-tingidos. Mesmo assim, continuam lindos!

tais-planeta-vida

foto: planeta vida

As fontes consultadas para esta matéria foram: EPortuguese  Diak Timor 

Dreamstime  A  fotos da matéria são de: Timor Treasures

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

One Response

Leave a Reply

Your email address will not be published.