Aldeia Piaraçu sofre atentado

Associação Alternativa Terrazul repudia os ataques ocorrido na Aldeia Piaraçu no território indígena do Xingu. Prestamos solidariedade ao povo Kayapó nesses dias tão difíceis no seu território. Não podemos tolerar violência nas terras desses povos guerreiros que contribuem para a valorização socioambiental e para o cotidiano da história brasileira.

Em meio ao caos imposto pela pandemia da Covid-19, atentados e ameaças a integridade física dos territórios e povos indígenas são episódios frequentes em nosso país.

Na noite de 24 de agosto, foi a vez da aldeia Piaraçu sofreu um ataque. Dois indivíduos armados, em uma caminhonete Hillux de cor preta, por volta das 19:00h, destruíram a barreira sanitária construída pelos próprios indígenas para manter o isolamento social dos 2.423 Mebengokrê nesse período de pandemia.

Após destruírem a barreira, os indivíduos efetuaram 29 disparos e invadiram a terra indígena Capoto/Jarina, seguindo até a aldeia Piaraçu, colocando em risco a vida dos 327 Kayapó que lá vivem. Em seguida, partiram em alta velocidade rumo à cidade de São José do Xingu. Apesar da apreensão da comunidade, ninguém ficou ferido no ataque.

As lideranças da aldeia Piaraçu acionaram a polícia, que foi até o local da ocorrência dos fatos. Um Boletim de Ocorrência foi registrado e os suspeitos estão sendo investigados.
De imediato, os indígenas estão mantendo distância da entrada do território para que não sejam surpreendidos por um novo ataque.

Fonte: repost @institutoraoni

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 99611193.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: