“Alguns vão morrer, lamento, é a vida”, diz Bolsonaro

Em entrevista ao apresentador Luiz Datena, Jair Bolsonaro criticou novamente as medidas de isolamento social aplicadas no Brasil em função da contenção do novo coronavírus e chamou, mais uma vez, a Covid-19 de “gripezinha”

Do Sputnik Brasil via Brasil 247 O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (27) que “alguns vão morrer” pelo novo coronavírus, mas não se “pode parar uma fábrica de automóveis porque tem mortes no trânsito”.

Jair Bolsonaro durante coletiva de imprensa sobre o coronavírus
Jair Bolsonaro durante coletiva de imprensa sobre o coronavírus (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Anúncios

Comentários