fbpx
Altamira, 27/11/2018 - Amazônia Real - Hidrelétrica - Matéria mostra as consequências da instalação da hidrelétrica de Belo Monte no rio Xingu e os impactos na vida da cidade de Altamira e de seus moradores, especialmente os que foram mais diretamente impactados. Passando pelo lago formado pela barragem, entrevistamos beiradeiros da localidade conhecida como Paratizão, que foram reassentados e que lutam com as dificuldades trazidas pela barragem. À jusante da primeira barragem, segimos para a comunidade Vila da Ressaca, que além dos impactos sofridos com a redução da vazão provocada pela barragem, limitando a atividade pesqueira, sofrem com a posibilidade da instalação da mineradora Belo Sun que deverá impactar drasticamente a vida dos moradores. Foto: Lilo Clareto/Amazônia Real

Despedida: O jornalismo ambiental e científico da Amazônia perde Vandré Fonseca

O jornalismo ambiental e científico da Amazônia perde Vandré Fonseca

Com imenso pesar, reproduzimos esta matéria do   dando notícia do encantamento do grande jornalista Vandré Fonseca. Que tristeza! 
Manaus (AM) – O jornalista paulista Vandré Fonseca, 46 anos, morreu de parada cardíaca às 12h40 deste domingo (17 de fevereiro), na UTI do Prontocord Hospital do Coração, em Manaus. Repórter da agência Amazônia Real, ele estava internado desde o dia 30 de janeiro após sofrer um infarto agudo do miocárdio. Ele passou por uma cirurgia mas não resistiu a um Acidente Vascular Cerebral (AVC).
Vandré Fonseca passou por uma cirurgia cardíaca no dia 12 de fevereiro sob o comando do médico Luiz Alberto Saraiva. Durante o procedimento, foi detectada uma calcificação na aorta e em várias artérias do coração. Ele recebeu uma ponte de safena e uma mamária, mas sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) no pós-operatório.

ANOTE:

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO