Marielle e Anderson: Após 8 meses de investigação morte de Marielle e Anderson ainda é um mistério

Marielle

“O objetivo é apontar questões graves que não foram respondidas, possíveis incoerências e contradições no decorrer da investigação e questionar o posicionamento das autoridades competentes”, disse a Anistia em comunicado oficial.

“É chocante olhar para tudo o que já foi divulgado sobre as investigações do assassinato de Marielle Franco ao longo de oito meses e ver que o padrão foi de inconsistências, incoerências e contradições. As autoridades não respondem às denúncias graves que vieram à tona”, afirmou Renata Neder, coordenadora de pesquisa da Anistia Internacional no Brasil.

Marielle


Para a Anistia Internacional o caso é “um labirinto de caminhos inexplorados.”

Fonte: Agência de Notícias das Favelas


 

Réquiem para o Cerrado – O Simbólico e o Real na Terra das Plantas Tortas

Uma linda e singela história do Cerrado. Em comovente narrativa, o professor Altair Sales nos leva à vida simples e feliz  no “jardim das plantas tortas” de um pacato  povoado  cerratense, interrompida pela devastação do Cerrado nesses tempos cruéis que nos toca viver nos dias de hoje. 
COMPRE AQUI

continua depois da propaganda