‘Guernica’, obra-prima de Pablo Picasso

“Não, não é uma pintura de bom gosto para decorar apartamentos. Ela é uma arma de ataque e defesa contra um inimigo terrível chamado fascismo.”– Pablo Picasso

O “Guernica” tem um importante “significado não apenas do ponto de vista artístico, no qual o seu valor universal é indiscutível, mas também por seu valor simbólico contra a guerra e toda a violência” – explica Rosario Peiró, Chefe de Coleções do Reina Sofía.

Guernica é a obra mais emblemática da carreira de Pablo Picasso, que nasceu em Espanha, em 1881, e morreu em França, em 1973, e talvez também da arte do século XX.

A pintura a óleo sobre tela, de 349,3cm de altura e 776,6cm de largura, mostra os horrores do bombardeamento à cidade basca de Guernica, por aviões alemães do regime nazista, apoiando o ditador Francisco Franco, em 26 de abril de 1937, durante a Guerra Civil espanhola, naquele que foi visto como um teste dos bombardeamentos aéreos da Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Alguns anos antes de morrer, Picasso pediu para que o quadro só fosse devolvido a Espanha quando as liberdades públicas fossem restauradas nesse país.

Guernica chegou a Espanha em 1981, depois da morte do ditador Francisco Franco (1939-1975) e da restauração da democracia, em 1977.

Fonte: Guernica – Museu Reina Sofia e Revista Prosa Verso e Arte

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: