“Hiroshima e Nagasaki foram alvos dos maiores atentados TERRORISTAS da história da humanidade, cometidos pelos EUA.” Frase postada no Facebook por Até a Vitória, Sempre.

No dia em que o mundo completa 74 anos do genocídio de Hiroshima e Nagasaki, não podemos nos calar. A matéria que se segue é da Revista Galileu. As fotos, conforme creditado pela revista, são do banco de imagens Getty Images. #HiroshimaNuncaMais!

No dia 6 de agosto de 1945, o então presidente norte-americano Harry Truman fez um discurso anunciando o que o povo japonês sofreria nos próximos dias: o lançamento de duas bombas atômicas às cidades de Hiroshima e Nagasaki. A ação acabou tirando a vida de quase 200 mil pessoas.

O bombardeio foi uma resposta ao ataque japonês em 1941 à base norte-americana de Pearl Harbor, que matou 2.500 indivíduos.

Este ano, a ofensiva que devastou parte do Japão completa 74 anos. Em lembrança à data, o banco de imagens Getty Images disponibilizou 12 imagens históricas do episódio com exclusividade para a GALILEU.

Para Ahern, essas imagens têm até mais poder do que dados e relatos da época. “Pode ser difícil compreender o sofrimento em uma escala tão grande. Fatos, números e estatísticas nos informam e ajudam a entender essa escala – mas é indiscutivelmente pela fotografia que nos conectamos de uma forma mais poderosa”.

Veja a seguir as fotos (atenção, algumas têm cenas fortes de feridos):

A fumaça em forma de cogumelo que se formou após o lançamento da bomba em Hiroshima atingiu 6 km de altura. (Foto: The LIFE Picture Collection/Getty Images)
Cenário devastado de Hiroshima após a bomba atômica. (Foto: Bernard Hoffman/The LIFE Picture Collection/Getty Images)
A cidade de Nagasaki após o ataque em agosto de 1945. (Foto: Universal Images Group/Getty)
Objetos pessoais em meio aos destroços causado pela bomba em Nagasaki. (Foto: Bernard Hoffman/The LIFE Picture Collection/Getty Images)
Vítimas do bombardeio em Hiroshima em meio a mosquitos, no prédio de um banco que foi improvisado como hospital (Foto: Corbis/Getty Images)
O bairro Hacchobori, em Hiroshima, um ano após o bombardeio. (Foto: Getty Images)
Mãe e filho em Hiroshima, quatro meses após o ataque. (Foto: Alfred Eisenstaedt/Pix Inc./The LIFE Picture Collection/Getty Images)
O calor gerado pela bomba de Hiroshima causou o "efeito sombra" em locais distantes até 2 km do epicentro do bombardeio. (Foto: Keystone/Getty Images)
Homem vítima da bomba de Hiroshima com os braços queimados. (Foto: Keystone/Getty Images)
Crianças de Hiroshima usam máscaras para evitar o cheiro de cadáveres dois meses após o bombardeio. (Foto: Keystone/Getty Images)
Príncipe Mikasa, do Japão, visita um sobrevivente do ataque à bomba nuclear em Hiroshima em 2 de 1949 (Foto: The Asahi Shimbun/Getty Images)
Pessoas rezam pelas vítimas do bombardeio em Hiroshima no primeiro aniversário do ataque. (Foto: Getty Images)

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826

Camiseta Marielle

Comentários

%d blogueiros gostam disto: