PARA OS QUE LUTAM !

OS 40 ANOS DA PANCADARIA DA FREGUESIA DO Ó

Por Antonio Alberto Gomes Figueiredo

Há 40 anos, na manhã de 21 de junho de 1980, manifestantes populares se concentraram no Largo do Clipper, na Freguesia do Ó, onde estenderam faixas reivindicatórias, e de lá seguiram à sede da Administração Regional (antiga designação para as Subprefeituras), onde estava a comitiva do governador biônico Paulo Maluf, que inventou um programa chamado “Governo Itinerante” que ia aos bairros fazer proselitismo.

A manifestação, ao chegar em frente ao prédio da Regional, foi recebida por policiais do Dops que jogaram bombas e, a seguir, as fileiras de repressores: “rapas” e policiais, avançaram, principalmente sobre os parlamentares presentes: Sergio Santos, Benedito Cintra e Geraldinho Siqueira (todos de oposição do MDB), espancando ainda padres e líderes comunitários, num ataque violento e desproporcional, afinal, era só o povo reunido querendo ser ouvido.

Muita gente ficou ferida neste dia. Esse episódio, amplamente fotografado e coberto pela grande imprensa, com grande destaque, passou a ser chamado de “Pancadaria da Freguesia do Ó” – que gerou inúmeros outros atos de protesto e manifestações posteriores e a solidariedades de políticos da oposição de todo o Brasil.

A Freguesia do Ó e as lideranças dos bairros próximos foram vítimas de uma das mais violentas e brutais repressões à população organizada em uma manifestação que se tem noticia na Capital.

O Movimento Popular, anos depois, em futuras gestões, conseguiu, enfim, a construção do Pronto Socorro da Freguesia do Ó, localizado na Av. João Paulo I, que, não por acaso, se chama: Pronto Socorro 21 de Junho.”

Fonte: Jornal Freguesia News

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: