Porto Seguro. Prado. Itamaraju. Cabrália. Os povos indígenas originários, hoje reduzidos a algumas dezenas de aldeias, basicamente espalhadas pela chamada Costa do Descobrimento, no extremo sul do litoral da Bahia, fazem do ecoturismo uma fonte de ocupação e renda, e também de afirmação da identidade ancestral dos Pataxó.

Em Porto Seguro, a população indígena da Reserva da Jaqueira, que faz parte da Aldeia Coroa Vermelha, em Santa Cruz de Cabrália, com seus 827 hectares de mata (40% de mata primária) e uma estrutura básica de água encanada, energia elétrica e banheiros disponíveis para visitantes, é a mais visitada.

os-pataxoDos cerca de 50 mil turistas que visitam as aldeias indígenas do sul da Bahia anualmente, a maior parte passa pela Jaqueira, considerada pela comunidade indígena como um espaço sagrado. Por ser uma “morada sagrada” e, até hoje, um lugar reservado aos rituais, o local faz bem a quem passa por lá, porque está repleto de energia positiva, dizem os Pataxó.

Os atrativos turísticos disponíveis na Reserva vão desde passeios por trilhas ecológicas que passam por várias ocas construídas no formato original do povo Pataxó, ao experimento com pratos típicos da culinária indígena (imperdível o peixe assado na folha da palmeira patioba), à compra de artesanato, à oportunidade de praticar esportes como o arco e a flecha.

Vestidos e pintados conforme suas tradições milenares, os membros da comunidade encarregados do turismo recebem os e as visitantes com uma palestra sobre sua história, seus costumes e tradições. Da aula teórica, passa-se à visita de campo: ao caminhar pela trilha de 1,5 km, cada turista vai conhecendo um pouco da biodiversidade local e, especialmente, dos usos e costumes ancestrais do povo Pataxó.

Durante o passeio, pode-se comprar o artesanato indígena, outra importante fonte de renda da comunidade.  Visitas à Reserva da Jaqueira, em grupo ou individuais, podem ser agendadas nas agências de turismo locais. Para conhecer um pouco mais da vida nas aldeias, é necessário agendar com a Associação Pataxó de Ecoturismo, a Aspectur: (73) 9199-7245 / 8833-1255 / 3672-1052.

Fotos: Radiobrás

About The Author

Zezé Weiss

Jornalista
Socioambiental

Related Posts

Deixe uma resposta