Escola Legal reajustou a mensalidade acima da inflação e o salário do professor?

Focamos a nossa Campanha Salarial na imagem do pepino, representando a dificuldade que temos pela frente. Isso desagradou o patronato.

O imaginário popular diz que quando temos um problema difícil de resolver “temos um pepino em nossas mãos ou “estamos numa bananosa”.  Na campanha salarial de 2013, para conseguirmos um reajuste razoável do piso da Educação Infantil, ganho real de salário e um piso mais digno para os coordenadores educacionais, a diretoria do Sinproep-DF tomou uma decisão política corajosa e propôs que entrássemos com o Dissídio Coletivo no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Na verdade, “foi um pepino em nossas mãos”.  Mas, no final, a categoria reconheceu o nosso esforço.

Os empregadores usaram de todos os argumentos e subterfúgios dentro das escolas para jogar a categoria contra o Sindicato. Argumentavam que na justiça não conseguiríamos sequer os 5% que eles ofereciam. Nós seguramos o “pepino”. Provamos que sem ousadia nada se consegue. Dobramos o piso da Educação Infantil, que passou para R$12, e o piso dos coordenadores aumentou quase três vezes. Para o Ensino Médio, conquistamos a inflação de 8,34% mais 2% de ganho real, totalizando 10,34%.

Em 2017, a situação se mostra bem pior. Com base no argumento da crise e nas políticas de arrocho do governo, não será fácil conseguirmos um resultado positivo para a nova Convenção, que contemple, além do  ganho real de salário acima da inflação, dispositivos voltados para melhores condições de trabalho e para a prevenção à saúde do professor.

A “Escola Legal” não gostou e começa, como sempre, a tentar jogar a categoria contra o Sindicato e dizer para os nossos companheiros e companheiras que a campanha “desmoraliza os professores”. Na verdade, a “Escola Legal” quer tirar os nossos colegas da luta por um reajuste justo e pela manutenção dos direitos conquistados.

Não se deixe levar por essa campanha. Temos esse “pepino em nossas mãos” e temos que descascá-lo. Precisamos ter consciência de que a “Escola é Legal” porque nós somos os protagonistas dela. Sem os professores de nada adiantaria os lindos prédios e os gestores. Nós somos a estrela, o ator principal.

Em vista disso, iniciamos a campanha mais cedo, para que a categoria possa se mobilizar para o enfrentamento. Assim, criamos o pepino como imagem do nosso movimento.

Vamos à luta! Nós merecemos um reajuste de salário digno. Afinal as mensalidades, segundo a imprensa, subiram em média, 15%.

Para descascar esse “pepino” temos que estar unidos e mobilizados! Participe da Assembleia de Aprovação da Pauta de Reivindicação da Campanha Salarial 2017/2018, no dia 18 de fevereiro, às 9h, na sede Sindicato.sinproep2

Anúncios

Comentários

X
preloader