Treva em Rondônia: Estado censura Macunaíma
Secretaria de Educação do Estado manda recolher livros clássicos da literatura brasileira. Autores como Aurélio Buarque de Holanda, Euclides da Cunha, Machado de Assis e Rubem Fonseca caíram nas garras da censura

 
Segundo matéria da Folha de São Paulo, em um primeiro momento, a pasta afirmou que se tratava de fake news, mas depois admitiu a autenticidade da lista. A secretaria desistiu da medida após o assunto repercutir nas redes sociais. Rondônia é governada pelo coronel Marcos Rocha (PSL), apoiador do presidente Jair Bolsonaro (Aliança pelo Brasil, em formação).
O escritor Rubem Fonseca, cujo livro Feliz Ano Novo foi censurado e proibido de circular pelo governo federal durante a ditadura militar, foi o  maior alvo da relação, com 19 obras recolhidas. Em uma nota de rodapé o comunicado dizia que todos os livros do contista “devem ser recolhidos”.
No comunicado que ordenou o recolhimento das obras, a secretaria destaca a importância dos professores “estarem atentos as demais literaturas já existentes ou que chegam nas escolas para uso de atividades escolares“, de modo “que sejam analisadas e assegurados os direitos do estudante de usufruir do mesmo com a intervenção do professor ou sozinho sem constrangimento e desconfortos“.
Como reagir a um governo do atraso que censura, sem dó nem piedade, os Sertões de Euclides da Cunha, uma das obras-primas da literatura brasileira? Ou o Macunaíma do nosso imaginário nacional?
O publicou a lista dos livros censurados e cópia do comunicado da Secretaria de Educação. Veja a seguir:

LISTA DE LIVROS CENSURADOS

 

Memorando da Secretaria da Educação

Fonte:
Com informações da Folha de São Paulo. Imagem de Capa: Oficinas Culturais

Block

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto em nossa loja solidária (lojaxapuri.info) ou fazendo uma doação de qualquer valor via pix ( contato@xapuri.info). Gratidão!

Block

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

 

 

 

CLIQUE NO ANÚNCIO PARA AJUDAR NOSSO PROJETO:
[instagram-feed] [instagram-feed]