Enquanto no Brasil a conta de luz fica cada vez mais cara, na Alemanha as pessoas  poderão ganhar dinheiro para gastar energia elétrica no fim de semana. Isso devido à produção recorde de energia gerada por turbinas de vento, prevista para este domingo.

Com um superávit extraordinário de energia que ultrapassa a demanda no país, o preço da energia elétrica na Alemanha cai abaixo de zero, como demonstram os dados do site da Bloomberg. Será a primeira vez que o preço médio da energia fica negativo ao longo de todo o dia e não somente por algumas horas.

Quando há grande produção de energia eólica, os operadores da rede elétrica na Alemanha podem enfrentar dificuldades  em manter um equilíbrio entre a quantidade de energia utilizada pela população e a quantidade de energia produzida. Preços negativos podem resultar no desligamento de usinas elétricas, na redução da oferta ou no pagamento aos consumidores para retirar o excesso de energia na rede.

A energia eólica na Alemanha está prevista para  atingir um pico de produção de 39.190 megawatts no domingo, o equivalente ao output de 40 reatores nucleares e mais do o suficiente para atender mais da metade da demanda total do país.

As turbinas de vento representam um terço da capacidade para produção de energia e a nação aumentará a construção de novas instalações por 9 porcento ainda este ano, segundo BWE.

Atualmente, a energia eólica fornece aproximadamente 10 por cento da energia elétrica de toda a Europa e espera-se que este número aumentará cada vez mais enquanto a tecnologia fica mais barata. O custo da eletricidade produzida por turbinas eólicas marítimas, uma vez considerada a energia verde mais cara, está prevista a ter uma redução de custo de 71% ao longo das próximas duas décadas, segundo Bloomberg New Energy Finance.

energia eólica na alemanha

Comentários