Anúncios

Mercadante defende convocação de Heleno por espionagem à Igreja 

Do Brasil 247 – O ex-ministro Aloizio Mercadante defendeu neste domingo a convocação imediata do general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) à Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência do Congresso Nacional e uma ação da oposição junto ao STF para que seja declarada inconstitucional a medida provisória que instituiu o monitoramento das ongs no país.

Segundo Mercadante, o general precisa apresentar explicações sobre as denúncias de espionagem do governo às atividades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e ao Sínodo da Amazônia que a Igreja Católica de todo o mundo realizará em outubro em Roma, com a participação de outras igrejas e credos e indígenas de toda a região.

A revelação de que o governo Bolsonaro está espionando as atividades da Igreja Católica, que considera uma potencial opositora do novo regime explodiu como uma bomba neste domingo (leia aqui). Segundo o governador do Maranhão, Flávio Dino, “estamos diante de um dos maiores escândalos deste começo de ano. Inaceitável a volta da ‘doutrina da segurança nacional’ da ditadura” (leia aqui).

Eis a íntegra da nota divulgada por Mercadante:

A Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência do Congresso Nacional precisa ser instalada imediatamente e convocar o Ministro do GSI, General Heleno, para prestar esclarecimentos sobre a espionagem referente a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e outros eventos da Igreja Católica. E a oposição precisa solicitar uma audiência com o STF para o pronto julgamento da ação direta de  inconstitucionalidade da MP 870/2019, que prevê o monitoramento de organismos internacionais e nacionais não governamentais“.

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/383419/Mercadante-defende-convoca%C3%A7%C3%A3o-de-Heleno-por-espionagem-%C3%A0-Igreja.htm

 

Anúncios

Comentários

X
%d blogueiros gostam disto:
preloader