No mundo atual, nós estamos acostumados com o calendário de 7 dias na semana, conhecido como calendário Gregoriano. Esse calendário foi quase que imposto pela igreja Católica, é o calendário promulgado pelo Papa Gregório XIII em 1582 e adotado imediatamente por Espanha, Itália, Portugal, Polônia e, posteriormente, por todos os países ocidentais e consequentemente suas colônias.

Mas, sabemos que há outros modos de se contar o tempo e esse caso se aplica também ao povo Yorùbá e seu Kójódá. Geralmente ao perguntar para um nigeriano os dias da semana, ele irá responder assim: Aiku, Aje, Isegun, Ojoru, Ojobo, Eti e Abameta. Esses dias da semana inclusive são ensinado nos Cursos de Introdução ao Idioma Yorùbá (Apostila com Áudios) e no Curso Intermediário de Yorùbá (Apostilas e Áudios).

Mas há uma outra forma!

O ano do calendário iorubá (Kójódá) vai de 3 de junho a 2 de junho do ano seguinte. De acordo com este calendário, o ano Gregoriano de 2018 é o ano 10061 da cultura Yorùbá. A semana tradicional de iorubá tem quatro dias e não os sete mencionados acima que são adaptações do nosso.

Os quatro dias dedicados aos Òrìsà são os seguintes:

Ojo Ògún; Ojo Jakuta; Ojo Ose; Ojo Awo.

O Significado das Semanas

Veremos agora o significado de cada dia e a quem, qual é o òrìsà é dedicado. Lembrando que não é um significado fixo, pois em cada cidade o significado muda e isso nos remonta ao que sempre digo: não há donos da verdade, há verdades diferentes para cada pessoa.

Ojo Ògún

Os Yorùbá contam esses quatro dias da semana a partir de Ojo Ògún (Dia de Ogum, o deus do ferro). Ojo Ògún é o primeiro dia da tradicional semana Yorùbá e é o dia em que o Ològún ou os adoradores e devotos de Ògún adoram esta divindade em particular.

Em Ojo Ògún, os Ològúns adoram e comemoram com vários alimentos considerados os favoritos de Ogum. Estes incluem ekuru (um tipo de pudim de feijão cozido no vapor), ewa (feijão) e iyan (inhame picado). No entanto, o item mais importante do sacrifício em Ojo Ògún é o cão – Ajá. Já que Ògún gosta de dieta balanceada, parece que Ojo Ògún será meu dia favorito da semana.

A propósito, em algumas outras partes das terras Yorùbá, também é chamado Ojo Osoosi, em homenagem a outro deus, Osoosi, que é considerado como o irmão de Ogum e Sango.

Esse dia também pode ser dedicado aos òrìsà: Sopanna, Iyaami, and the Egungun.

Ojo Jakuta

Depois de Ojo Ogun vem o segundo dia da semana. Ojo Jakuta também é chamado Ojo Sàngó. Sàngó é o deus yorùbá do trovão, raio e (eletricidade). O dia em algumas partes das terras Yorùbá é chamado Ojo Oya. Neste dia dedicado a Sàngó, seus adoradores saem vestindo roupas vermelhas e brancas brilhantes como essas são as cores favoritas de Sàngó e fazem o culto apresentando itens comestíveis como amala com sopa gbegiri, obí amargo e guguru. (Tudo isso em terras nigerianas e nenhuma relação com o Candomblé no Brasil). Para Sàngó, o animal sacrificial mais importante é o carneiro. Jakuta significa “alguém que lutou com pedras”.

Ojo Ose

Este é o terceiro dia e é reservado para a adoração de Òrìsà Nlá (A Grande Deidade). O alimento favorito usado para este dia é o ake, mas os caracóis também são usados ​​para os sacrifícios. É um dia de grande respeito e que cada ato é bem planejado, respeitando principalmente o uso do branco e evita-se consumo de azeite de dendê e outras coisas que são èwo!

Neste dia especial, todos os adoradores de Òrìsà Nlá usam roupas brancas e limpam todas as suas casas e arredores. Este mesmo dia pode ser dedicado à adoração de Obatala, Sonponna (deus da varíola), Iyaami (as Mães ou Grandes Bruxas) e os Egungun (Máscaras).

Ojo Awo

Ojo Awo (Dia da Divindade) é o dia reservado para Ifá (Oráculo) e, assim como Òrìsà Nlá, Ifá também prefere iguarias feitas com a carne. Este mesmo dia também pode ser dedicado para a adoração de Èsù, Òsun e Orunmila.

Para se reconciliar com o calendário gregoriano, os yorùbá também medem o tempo em sete dias por semana e quatro semanas por mês. O calendário de quatro dias foi dedicado aos Òrìsà e o calendário de sete dias é para fazer negócios.

Mas os sete dias também possuem significado para cada Òrìsà ou para determinadas atividades, vejamos:

  •  Domingo – ọjọ́ Àìkú/ọjọ́-ọ̀sẹ̀/àko-ọjọ́:
    • Dia da imortalidade – primeiro dia da semana.
  • Segunda-feira – ọjọ́ Ajé:
    • Dia do lucros, juros, ganhos. Dia em que Ajé veio a Terra.
  • Terça-feira – ọjọ́ Ìṣẹ́gun:
    • Dia da Vitória.
  • Quarta-feira – ọjọ́ rírú:
    • Dia do sacrifício.
  • Quinta-feira – ọjọ́ rúbọ;ọjọ́bọ:
    • Dia da nova criação, novo amanhecer.
  •  Sexta-feira – ọjọ́ Ẹtì:
    • Dia de impasses.
  • Sábado – ọjọ́ Àbámẹ́ta:
    • Dia de três moções, dia das sugestões.

O meses em Yorùbá – Awon Oshu tabi OṢU KójóDÁ

1. ṠḔRḔ -Janeiro
2. ÈRÉLE (Irele) – Fevereiro
3. ḔRḔNA -Março
4. IGBE -Abril
5. ḔBÍBÍ -Maio
6. ÒKÙDÚ -Junho
7. AGḖMṐ (Agẹmọ) -Julho
8. ÒGÚN -Agosto
9. OWḖRḖ (Owewe) -Setembro
10. ṐWARO (Owara) -Outubro
11. BḔLU (Bẹlu) -Novembro
12. ṐPḖ (Ọpẹ) -Decembro

Fonte: Educação Yoruba

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ANOTE

One Response

Leave a Reply

Your email address will not be published.