A bala só acerta o negro,  a bala só acerta o pobre

Só morre a gente

Não importa o lado

Não importa o sexo

Não importa nada

A bala só acerta o negro

A bala só acerta o pobre

 

Nessa guerra urbana

O alvo é sempre a classe

É sempre a cor

Que o sistema escalou

 

A guerra pode ser civil

Pode ser com farda

Pode ser de fome

Pode ser o tráfico

 

Nunca se tem direito

Nunca se tem respeito

Nunca se tem um teto

Nunca se tem a terra

 

O alvo é sempre a classe

É sempre a cor

Que o sistema escalou…

Foto: blogueirasnegras.org

ANOTE AÍ:

O texto a seguir é da série de reportagens especiais da série “Racismo e Negritude”, publicadO assassinato de jovens negros é quase três vezes maior do que o de jovens brancos. A constatação é do último mapa da violência. O Brasil vive uma situação de genocídio, segundo constatou uma CPI da Câmara dos Deputados. Para se ter uma ideia, foram seis milhões de mortos no holocausto judeu. No Brasil, o número chega a dois milhões e meio de negros.

Foto: ipac.ba.gov.br

geri-nogueira-1

 

 

Gerivaldo Nogueira, conhecido por Geri Nogueira, é poeta e escritor.

About The Author

Related Posts

Deixe uma resposta