Não é só mais um ano novo: é uma importante oportunidade de reflexão e mudança, nos diz o Padre, filósofo e artista Joacir D’Abadia.

Por Joacir d’Abadia

Das frases me chamam a atenção neste dia. São elas: “Feliz Ano Novo” e “valorização da vida”. Essas palavras juntas acusam minha vida de ser muito adolescente para compreender o que realmente faz parte do significado delas.

Agora entendo o porquê de tanta preocupação com a renovação de um ciclo anual e pela atenção à vida. Tudo isso representa muito dinheiro, domínio de poder e cerceamento da liberdade da humanidade. Será que você pensa desta forma também? Estamos vivendo uma guerra de poder mundial contra a humanidade.

Tantas guerras ficam no obscuro da vida da sociedade que tange a liberdade, carcomida pelo desalento, para a solidão de escolhas que visem tão somente o declínio do ser humano. Na contramão desses interesses está o desejo do “novo” que se estampa em nossa história trazendo, infelizmente, a insegurança existencial.

Como o novo nos traz incerteza! Eu estava indo a um almoço de domingo numa fazenda. Não conhecia a estrada, com isso fui com uma insegurança muito grande. Na nossa caminhada de vida não é tão diferente, visto que cada etapa nova nos causa incerteza, pois ficamos inseguros. Com isso o medo também se faz presente nas nossas ações. O novo é um desafio para poder conquistar a cada dia.

Aproveite este “novo normal” para ser uma pessoa consciente de sua importância nesta vida, sabendo que tudo que o Criador faz é perfeito e Ele não tem lhe deixado faltar nada. Assim, não deixe que na sua vida falte a gratidão, pois se hoje nela existe um “Feliz Ano Novo” é porque sua vida não lhe foi tirada. Valorize sua vida neste ano!

Padre Joacir d’Abadia, Filósofo autor de 12 livros – Membro Efetivo da ALANEG-RIDE – Academia de Letras e Artes do Nordeste Goiano e Da Rede Integrada do Desenvolvimento do Entorno. Em breve vai publicar os livros: “O Humano do Padre” e “Aos Cuidados da Sabedoria” / WhatsApp (61) 9 9931-5433.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossos produtos. É, também, com um percentual dessas vendas, que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, do povo Krenak, em Minas Gerais, do Museu Kalunga Iaiá Procópia, em Goiás e do povo Xavante, no Mato Grosso. Ao comprar em nossa Loja Xapuri, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Contamos com você! WhatsApp: 61 9 99611193.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: