Qualificação: Filósofo. E como filósofo eu me coloco a pensar! 

Por Joacir S. D´Abadia –

Reflito de maneira que abarcam todas as esferas possíveis de se encontrar um viés para discorrer um determinado assunto. Tenho capacidade disso porque esqueço dos ditames fixos de expor a sabedoria. Contudo, azul ou branco, meu pensar está vivamente a colorir uma parcela do mundo. O cinza deu lugar à criação, pois os acontecimentos deste pensamento reportou minha qualificação: FILÓSOFO.

Nesta qualidade, a velocidade do tempo dá lugar à disposição de pensar. Penso que sobre tudo se pode pensar até mesmo inquirir que o não pensando pode ser pensado enquanto sobre ele não se pensa. O que não foi pensando enquanto ente, pode ser pensado como o não ente pensando.

O problema do ente é que existe para ser pensado, no entanto, quando nele nada foi pensando, ele existirá da mesma maneira. Seu existir tange qualquer forma de conhecimento. Vai ser por si mesmo como o que existe. Por exemplo, um pensador pode desejar a sabedoria enquanto retorna para sua casa. Seria uma rotina qualquer se não fosse observado por um filósofo. Veja.

Kahn não sabia o que esperava por ele em sua casa: “será quem espera por mim”, pensou. Ao receber o aviso de que precisava estar em sua casa por volta das 18 horas daquela sexta-feira de muita chuva, parecia que o mundo escolhera justamente àquele dia para chover toda a água do universo, ele se dirige ora com pressa, ora sem quase poder seguir a viagem devido à chuva.

Em cada rua se parecia formar uma lagoa de extensão sem fim. A água se estancava de um lado ao outro da rua. O meio fio parecia nem mesmo existir. Assemelhava-se ao dilúvio, porém com uma diferença significativa ao passo que não se enxergava nenhum animal para caminhar naquele mar de água rasa. Tampouco foi sua esperança em chegar a casa para descobrir o que lhe ansiava pela presença. _ “Será uma pessoa que me aguarda?” – conversava consigo mesmo, indagando, enquanto sua viagem seguia o curso.

Assim, contudo, quem se entrega ao sabor do seu pensamento, sem reservas, sem nenhum custo para si senão o tempo dedicado ao seu pensar, se qualifica de pensador. Propõe alguma novidade para o mundo. Nem que seja apenas o pensar! Destarte! Oxalá todas as cores do saber fossem capazes de produzir um efeito de comparação _ na qualidade de pensador _ na vida dos filósofos, os amantes da sabedoria.

 

ANOTE AÍ:

 

 

Joacir d’Abadia – Pároco de Alto Paraíso de Goiás.  Filósofo, Escritor, Especialista em Docência do Ensino Superior, membro da “Academia de Letras e Artes do Nordeste Goiano” e da “Casa do Poeta Brasileiro – Seção Formosa-GO.

As imagem que ilustra esta matéria são do artista indígena Jaider Esbell Macuxi, vencedor do Prêmio Pipa 2016.

About The Author

Joacir S. d'Abadia

Related Posts

Deixe uma resposta