fbpx
Fome: Brasil regride e ultrapassa média global de insegurança alimentar

Fome: Brasil regride e ultrapassa média global de insegurança alimentar

Fome: Brasil regride e ultrapassa média global de insegurança alimentar

Somos uma nação com milhões de famintos. Diariamente o aumento da fome na população brasileira é sentindo por mais e mais pessoas. Hora e outra a “pandemia da fome” é ilustrada através de números em estudos ou pesquisas. Números que chocam e mostram o horizonte desesperador que temos pela frente enquanto sociedade…

Por Xepa/via Mídia Ninja

Uma nova pesquisa sobre a insegurança alimentar no Brasil foi divulgada ontem (25/05) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O levantamento analisou dados coletados pelo instituto Gallup entre agosto e novembro de 2021 em 160 países e concluiu que o número de brasileiras e brasileiros que não tiveram dinheiro para comprar comida, ou seja, ficaram sem comer, saltou de 30% em 2019 para 36% em 2021. O Brasil ultrapassou pela primeira vez na história a média global de insegurança alimentar (35%).

A pesquisa aponta também que dentre os 20% mais pobres brasileiros, 75% responderam afirmativamente se havia faltado dinheiro para a compra de alimentos nos últimos 12 meses. Entre as mulheres, a taxa chegou a 47%; e a 45% para as pessoas com idades entre 30 e 49 anos —percentuais acima da média global. Ou seja, os dados dessa pesquisa deixa claro mais uma vez que a fome tem classe e gênero.

Levando em consideração que a coleta dos dados utilizados nessa pesquisa foi realizada ainda durante o pagamento das parcelas de R$ 150 e R$ 375 do auxílio emergencial para 39,2 milhões de famílias e também antes da guerra da Ucrânia, a situação da fome hoje no Brasil podem ser muito mais assustadora do que temos conhecimento.

Em entrevista à Folha de São Paulo, Renato Mafuf, coordenador da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), afirma que os fatores que mantinham os níveis elevados de fome entre os brasileiros até 2020 se agravaram no ano passado; e seguem em deterioração neste ano.

“Para completar, não há política de governo estruturada contra a fome, só reações voluntariosas, com medidas pontuais, como a redução de tarifas de importação. Não há nenhuma razão para acharmos que as coisas possam melhorar.”, conclui Maluf que também cita os índices de desemprego e diminuição da renda média doo brasileiro e o benefício social [Auxílio Brasil] menor do que em 2020 [quando chegou a R$ 600 mensais].

Slide 1

HORA DE VESTIR A CAMISA DO LULA

CONTRIBUA COM A REVISTA XAPURI
PIX: contato@xapuri.info

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
Block

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

Block

Assine a revista Xapuri Socioambiental e contribua para nosso projeto de resistência e solidariedade

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
COM SEU APOIO, NÓS FAZEMOS A XAPURI ACONTECER. DOE AGORA. QUALQUER VALOR, VIA PIX.
IMG_8019
ABRA O APLICATIVO DO SEU BANCO, APONTE PARA O QR CODE E, PRONTO, É SÓ DOAR. GRATIDÃO!