fbpx

De Santo Antônio do Itiquira a Arraial dos Couros: Assim nasceu Formosa –

Poucos são os livros e documentos disponíveis sobre a história de Formosa, local onde estamos e de onde fazemos este site da revista Xapuri. O texto a seguir, do historiador cerratense Paulo Bertram (História da Terra e do Homem no Planalto Central, Editora UnB, 2011) traz um pouco mais de luz sobre a formação da cidade de Formosa:

Da mesma época das minerações de ouro, Formosa surgiu de outras motivações: pouso de tropas, “rua” das sesmarias que se asentaram à sua volta, abrigo de famílias desgarradas dos sertões. Pela sua posição geográfica, desempenhava uma vocação mercantil precoce. 

O major Olympio Jacintho (1898-1938) foi o maior estudioso que até o presente tivemos sobre o antigo arraial de Couros, depois Formosa da Imperatriz e hoje Formosa.

Dizia Olympio Jacintho que a origem do arraial de Couros deu-se pela mudança da população de um arraial de crioulos, Santo Antônio, às margens do rio Paranã – abaixo da barra do rio Itiquira, local terrivelmente paludoso e doentio – para o salubre sítio de Formosa, 30 km a sudeste.

O geômetra italiano Tossi Colombina registra, com efeito, tanto no mapa-esboço de 1749, quanto no “oficial” de 1751, enterrado no vale do Paranã, um “Iryquira”, nome com o qual devia ser também conhecido o arraial: Santo Antônio do Itiquira. Olympio Jacintho, de seu tempo, dava notícias de resto de casas e de uma capela na região.

Nos documentos de que dispomos, o nome Itiquira aparece apenas duas vezes nos documentos da sesmaria de João da Rocha Couto, de 1754, “no sítio Santa Rita, no distrito de Itiquira,” e em uma inesperada sesmaria passada ao padre Manuel da Maya – a respeito de terras em Corumbá de Goiás – datada do sítio do Itiquira, aos 2 de novembro de 1756.

Nas sesmarias fundadoras da região, de Manoel de Almeida (1739) e de Manoel Azevedo Pinto (1741) – onde pela primeira vez aparece o nome de lagoa Feia – o Itiquira é referido apenas como “fazenda do Buraco” ou “Sítio do Buraco”. Temos como base,  portanto, para supor que esse arraial não apareceu antes de 1741 e nem foi extinto antes de 1756 (…).

Itiquira, para Theodoro Sampaio, vem do tupi-guarani, “água vertente, minadouro”; para Caldas Tibiriçá é “água que destila, respinga.” Algo a ver com os 120 metros da cachoeira do Itiquira?

Assim sendo, sem conseguir avançar muito por esse manancial de informações, a primeira vez que nos surge a menção à atual Formosa ou arraial dos Couros é no famosa Roteiro de Urbano: “dos quais ficarão intituladas suas cabeceiras, estas as principais do rio Preto, no arraial de Couros, São Bartholomeu, Paranam e Maranhão”. 

Ora, tendo dado entrada o roteiro no Palácio da Ajuda em 30 de julho de 1750, a notícia sobre o arraial devia vir pelo menos de 1749. A ser isso verdade, o arraial de Couros conviveu com o do Itiquira por alguns anos, sem comprometimento grave, porém, da tradição coletada por Olympio Jacintho: a mudança da população de um para outro pode ter sido gradual ou parcial. Há indícios de que o povoado de Santo Antônio ainda existisse no século XIX.

Foto de capa – autoria desconhecida

 

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

Revista Xapuri

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA? 

ASSINE AQUI

 

 

Anúncios