Formosa: Registros históricos do nascer e crescer de uma cidade –  Arraial dos Couros, Vila Formosa da Imperatriz, Formosa: Registros históricos do nascer e do crescer de uma cidade…

Os primeiros registros históricos de Formosa remontam da terceira década do século XVIII, quando Goiás ainda pertencia à Capitania de São Paulo, conforme inscrições encontradas nas grutas da Fazenda Araras, que falam da chegada dos primeiros colonizadores.

Nas proximidades da Lagoa Feia, os boiadeiros e garimpeiros que faziam o trajeto entre a Bahia e Minas Gerais, rumo às minas dos Guaiazes, escolheram o local de suas paradas para descanso. Ali levantaram as primeiras choupanas cobertas e cercadas com couro de boi,dando origem ao primeiro nome da localidade: Arraial dos Couros. (Nota: O escritor Alfredo Saad, em seu livro “Álbum de Formosa”, disputa essa versão da história. Segundo Saad, o couro era uma mercadoria muito valiosa, utilizada no comércio, e não para cobrir as casas, que até adiantada era foram cobertas de palha).

Nessa época, para evitar prejuízos na extração do ouro e no comércio aos bovinos, foram instalados dois registros para cobrança de tributos, um na parte setentrional da Lagoa Feia e outro a 90 quilômetros do Arraial, local conhecido como Arrependidos. Assim, ficou estabelecida a comunicação de sertão com os canais da Bahia e Minas Gerais, registrando-se, ainda, a passagem pela região dos bandeirantes Urbano do Couto e Antônio Bueno de Azevedo.

A salubridade do clima e a oportunidade de bons negócios atraíram garimpeiros e fazendeiros de outras regiões, que passaram a se dedicar à formação de fazendas e ao comércio de couros. Em 1823, o arraial foi elevado a julgado e já se firmava com centro
comercial.

Em 1838, foi elevado à categoria de freguesia e, posteriormente, em 1843, diante das suas belezas naturais e buscando homenagear a imperatriz D. Teresa Cristina, foi elevado à categoria de vila, recebendo o nome de Vila Formosa da Imperatriz. Em 1877, passou à
categoria de cidade, com o nome de Formosa. O dia 1º de agosto de 1843 ficou sendo data oficial do município.

Formosa tornou-se Distrito  com a denominação de Vila Formosa da Imperatriz, pela lei provincial nº 4, de 22-08-1838 e foi elevada à categoria de de vila com a denominação de Vila Formosa da Imperatriz pela lei provincial nº 1, de 01-08-1843, desmembrado do município de Santa Luzia. Sede na antiga povoação de Vila Formosa da Imperatriz. Constituído de 2 distritos: Vila Formosa
da Imperatriz e Santa Rosa, ambos desmembrados de Santa Luzia. Instalado em 22-02- 1844.

Com a denominação de Formosa, nossa terra foi elevada à condição de cidade pela lei provincial nº 574, de 21-07-1877. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Formosa ex-Vila Formosa da Imperatriz e Santa Rosa.
Pela lei municipal nº 70, de 23-01-1912, é extinto o distrito de Santa Rosa, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Formosa.

Pela lei nº 10, de 22-05-1924, é recriado o distrito de Santa Rosa e anexado ao município de Formosa. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Formosa e Santa Rosa, assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pelo decreto-lei estadual nº 1233, de 31-10-1938, o distrito de Santa Rosa é extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Formosa. Sob o mesmo decreto o município adquiriu o território do extinto município de São João da Aliança, com simples distrito.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Formosa e São João D’Aliança
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950. Pela lei municipal nº 44, de 29-12-1952, é criado o distrito de Cabeceiras ex-povoado anexado ao município de Formosa. Pela lei municipal nº 47, de 30-12-1952, é criado novamente o distrito de Santa Rosa
anexado ao município de Formosa.

Pela lei estadual nº 954, de 13-11-1953, complementada pela lei estadual nº 1274, de 14-12-1953, desmembra do município de Formosa o distrito de São João D’Aliança, que foi elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos: Formosa, Cabeceiras e Santa Rosa.

Pela lei municipal nº 233, de 01-01-1958, é criado o distrito de Crixalândia e anexado ao município de Formosa. Pela lei estadual nº 2102, de 14-11-1958, desmembra do município de Formosa o distrito de Cabeceiras, elevado à categoria de município. Pela lei municipal nº 259/32, de 25-09-1961, é complementada pela lei nº 46 de 07- 02-1969, é extinto o distrito de Crixalândia, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Formosa. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Formosa e Santa Rosa, assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1983.

Pela lei estadual nº 10440, de 10-01-1988, é criado o distrito de Vila Boa e anexado ao município de Formosa. A lei estadual nº 11707, de 29-04-1992, desmembra do município de Formosa o distrito de Vila Boa, que é elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído de 2 distritos: Formosa e Santa Rosa,  assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

O nome Vila Formosa da Imperatriz foi simplesmente alterado para Formosa alterado, pela lei provincial nº 574, de 21-07-1877.

 

ANOTE:

Fonte:  https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/goias/formosa.pdf com edições de Zezé Weiss.

Imagens: http://formosahistorica.blogspot.com/2015/06/fotos-antigas-da-banda-municipal-de.html

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

Revista Xapuri

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA? 

ASSINE AQUI

%d blogueiros gostam disto: