Anúncios

Arraial dos Couros, Vila Formosa da Imperatriz, Formosa: Registros históricos do nascer e do crescer de uma cidade

Os primeiros registros históricos de Formosa remontam da terceira década do século XVIII, quando Goiás ainda pertencia à Capitania de São Paulo, conforme inscrições encontradas nas grutas da Fazenda Araras, que falam da chegada dos primeiros colonizadores.

Nas proximidades da Lagoa Feia, os boiadeiros e garimpeiros que faziam o trajeto entre a Bahia e Minas Gerais, rumo às minas dos Guaiazes, escolheram o local de suas paradas para descanso. Ali levantaram as primeiras choupanas cobertas e cercadas com couro de boi,dando origem ao primeiro nome da localidade: Arraial dos Couros. (Nota: O escritor Alfredo Saad, em seu livro “Álbum de Formosa”, disputa essa versão da história. Segundo Saad, o couro era uma mercadoria muito valiosa, utilizada no comércio, e não para cobrir as casas, que até adiantada era foram cobertas de palha).

Nessa época, para evitar prejuízos na extração do ouro e no comércio aos bovinos, foram instalados dois registros para cobrança de tributos, um na parte setentrional da Lagoa Feia e outro a 90 quilômetros do Arraial, local conhecido como Arrependidos. Assim, ficou estabelecida a comunicação de sertão com os canais da Bahia e Minas Gerais, registrando-se, ainda, a passagem pela região dos bandeirantes Urbano do Couto e Antônio Bueno de Azevedo.

A salubridade do clima e a oportunidade de bons negócios atraíram garimpeiros e fazendeiros de outras regiões, que passaram a se dedicar à formação de fazendas e ao comércio de couros. Em 1823, o arraial foi elevado a julgado e já se firmava com centro
comercial.

Em 1838, foi elevado à categoria de freguesia e, posteriormente, em 1843, diante das suas belezas naturais e buscando homenagear a imperatriz D. Teresa Cristina, foi elevado à categoria de vila, recebendo o nome de Vila Formosa da Imperatriz. Em 1877, passou à
categoria de cidade, com o nome de Formosa. O dia 1º de agosto de 1843 ficou sendo data oficial do município.

Formosa tornou-se Distrito  com a denominação de Vila Formosa da Imperatriz, pela lei provincial nº 4, de 22-08-1838 e foi elevada à categoria de de vila com a denominação de Vila Formosa da Imperatriz pela lei provincial nº 1, de 01-08-1843, desmembrado do município de Santa Luzia. Sede na antiga povoação de Vila Formosa da Imperatriz. Constituído de 2 distritos: Vila Formosa
da Imperatriz e Santa Rosa, ambos desmembrados de Santa Luzia. Instalado em 22-02- 1844.

Com a denominação de Formosa, nossa terra foi elevada à condição de cidade pela lei provincial nº 574, de 21-07-1877. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Formosa ex-Vila Formosa da Imperatriz e Santa Rosa.
Pela lei municipal nº 70, de 23-01-1912, é extinto o distrito de Santa Rosa, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Formosa.

Pela lei nº 10, de 22-05-1924, é recriado o distrito de Santa Rosa e anexado ao município de Formosa. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Formosa e Santa Rosa, assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pelo decreto-lei estadual nº 1233, de 31-10-1938, o distrito de Santa Rosa é extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Formosa. Sob o mesmo decreto o município adquiriu o território do extinto município de São João da Aliança, com simples distrito.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Formosa e São João D’Aliança
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950. Pela lei municipal nº 44, de 29-12-1952, é criado o distrito de Cabeceiras ex-povoado anexado ao município de Formosa. Pela lei municipal nº 47, de 30-12-1952, é criado novamente o distrito de Santa Rosa
anexado ao município de Formosa.

Pela lei estadual nº 954, de 13-11-1953, complementada pela lei estadual nº 1274, de 14-12-1953, desmembra do município de Formosa o distrito de São João D’Aliança, que foi elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos: Formosa, Cabeceiras e Santa Rosa.

Pela lei municipal nº 233, de 01-01-1958, é criado o distrito de Crixalândia e anexado ao município de Formosa. Pela lei estadual nº 2102, de 14-11-1958, desmembra do município de Formosa o distrito de Cabeceiras, elevado à categoria de município. Pela lei municipal nº 259/32, de 25-09-1961, é complementada pela lei nº 46 de 07- 02-1969, é extinto o distrito de Crixalândia, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Formosa. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Formosa e Santa Rosa, assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1983.

Pela lei estadual nº 10440, de 10-01-1988, é criado o distrito de Vila Boa e anexado ao município de Formosa. A lei estadual nº 11707, de 29-04-1992, desmembra do município de Formosa o distrito de Vila Boa, que é elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído de 2 distritos: Formosa e Santa Rosa,  assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

O nome Vila Formosa da Imperatriz foi simplesmente alterado para Formosa alterado, pela lei provincial nº 574, de 21-07-1877.

ANOTE:

Fonte:  https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/goias/formosa.pdf com edições de Zezé Weiss.

Imagens: http://formosahistorica.blogspot.com/2015/06/fotos-antigas-da-banda-municipal-de.html

Anúncios

Comentários

X
%d blogueiros gostam disto:
preloader