Chico Balanceado

Conheço como Chico Balanceado, mas há quem chame de Manezinho Araújo. Se há algum Francisco ou Manoel nessa história, não sei. Também não sei como e onde surgiu esta sobremesa.

Por Lúcia Resende

 Eu aprendi com uma paranaense, mas os gaúchos dizem que é coisa do Rio Grande. Só posso atestar que é simples e muito saborosa e que aqui em casa é um coringa: tem banana sobrando, hora de fazer Chico Balanceado!

Ingredientes

Creme

1 lata de leite condensado

3 latas de leite

3 gemas (reserve as claras para o merengue)

2 colheres de amido de milho (não muito cheias)

continua depois da propaganda

Merengue

3 claras

3 colheres de açúcar refinado

1 colher de chá de suco de limão

Doce

continua depois da propaganda

6 bananas

1 ½ xícara de açúcar

3 xícaras de água

Modo de Fazer

Caramelize o açúcar, acrescente a água e deixe ferver até formar uma calda em ponto de fio. Junte as bananas cortadas em rodelas não muito finas, misture e deixe ferver rapidamente. Despeje em uma vasilha de vidro temperado.

continua depois da propaganda

Em uma panela, coe as gemas, junte o leite condensado, o leite e o amido de milho. Misture bem e leve ao fogo até cozinhar o creme. Despeje sobre o doce de bananas.

Por último, bata as claras em neve, acrescente aos poucos o limão e o açúcar, sempre batendo, até misturar tudo muito bem. Em seguida, com uma colher, vá colocando o merengue sobre o creme e ajeitando, até preencher toda a superfície. Com a própria colher, vá levantando picos de neve. Leve ao forno pré-aquecido até dourar. Deixe esfriar e leve para gelar.

Obs.: No lugar da banana, pode-se usar outro tipo de fruta, por exemplo abacaxi, morango, pêssego ou outra de sua preferência.

Lúcia Resende – Professora
@mluciares

 

 


Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

 

 E-Book Caminhando na Floresta

Um livro imperdível sobre a experiência do autor na convivência com os seringueiros do Vale do Acre nos tempos de Chico Mendes.
COMPRE AQUI

 

continua depois da propaganda
continua depois da propaganda