Um continente quase do tamanho de Austrália foi descoberto semana passada. Ele se encontra em grande parte submerso dentro do Oceano Pacífico e sua descoberta foi relatada no jornal da Geological Society of America. Geólogos batizaram o continente de Zealandia.

Zealandia é uma massa de terra de 4,5 milhões de km² que hoje está 94% subermersa no Oceano Pacífico. Somente seus pontos mais altos estão acima da superfície. Esses pontos englobam os territórios da Nova Zelândia e Nova Caledônia.

A formação geológica cumpre todos os critérios técnicos para ser considerado como um continente: elevação com relação a área que a cerca, geologia distinta, área bem definida e ter crosta mais densa do que a terra encontrada na superfície do oceano.

O artigo relatando a descoberta, “Zealandia: O Continente Escondido da Terra” foi escrito pelo geólogo nova-zelandês Nick Mortimer. Para ele, a descoberta só confirma uma teoria com a qual já trabalha há muito tempo. “Se pudéssemos drenar os oceanos seria óbvio para todos a presença do continente–.” diz Mortimer.

Segundo Mortimer, no começo do século passado houve achados de granito e rochas de ilhas próximas à Nova Zelândia que eram indicativos de uma geologia continental. Caso o postulado em seu artigo recente seja  aceito pela comunidade científica, o novo continente será acrescentado aos futuros mapas e atlas.

Zealandia

Imagem: GSA

ANOTE AÍ:

Geólogos acreditam que a Zealandia rompeu com a massa de terra hoje conhecida como Austrália há 80 milhões de anos atrás e depois entrou para dentro do oceano. Isso teria acontecido como parte do fenômeno que rompeu o super-continente Gondwanaland. A parte submersa de Zealandia representa uma vasta área para a exploração que possa contribuir de forma significante para a ciência. Durante a era do gelo, uma maior parte do continente esteve acima da água do mar. Fósseis encontrados nesses pontos podem oferecer uma grande quantidade de novas informações sobre a vida naquele tempo da história planetária.

About The Author

Eduardo Pereira

Produtor Cultural

Related Posts

Deixe uma resposta