ACUADO, TEMER CEDE AOS CAMINHONEIROS E DESFAZ POLÍTICA DE PARENTE, QUE PODE CAIR

Do Brasil 247

REUTERS/Ueslei Marcelino

Dois dias depois de chamar o Exército para exercer uma autoridade que não tem, Michel Temer cedeu aos caminhoneiros, anunciou um desconto de R$ 0,46 no diesel por 60 dias e disse que a política de reajustes diários de Pedro Parente não existe mais; com isso, Parente, indicado por Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, para organizar a entrega do pré-sal e a privatização aos pedaços da Petrobras, pode cair; o golpe é atingido em seu coração.

Comentários