Lá se foi o Lhé. Vai deixar saudade e muitas histórias

Ele teve uma complicação renal, conforme o filho informou por meio de redes sociais

Morreu neste sábado (16), o fundador do Partido dos Trabalhadores no Acre, Abrahim Farhat, o Lhé. Ele teve uma complicação renal, conforme o filho informou por meio de redes sociais.

Ativista, Lhé foi um dos esquerdistas mais ativos na política e era muito respeitado. Querido por autoridades e anônimos, ele tinha 79 anos.

Biografia

Filho de sírio libaneses, Abrahim Farhat, o Lhé, nasceu em Rio Branco. Nos anos 60, no Colégio Acreano, iniciou a luta no movimento estudantil, que teve prosseguimento na antiga Ética. Depois passou a atuar na organização de movimentos sociais e sindicais.

Sempre teve muita proximidade com a Igreja Católica, tendo sido grande amigo de Dom Giocondo, Dom Moacir e padres Pacífico, Nilo e Pedro Martinello, defensores da Teologia da libertação. Abrahim organizou e fundou várias cooperativas e sindicatos, como o das Lavadeiras, das Empregadas Domésticas e das Prostitutas. Lhé usava recursos da família para criar ou fortalecer sindicatos, como o de trabalhadores rurais de Xapuri.

Fonte: Contilnet

Block

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA?

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

continua depois da propaganda
Block

Assine a revista Xapuri Socioambiental e contribua para nosso projeto de resistência e solidariedade

continua depois da propaganda