Por que te prendem, Jane Fonda?

Jane Fonda, 81 anos, atriz famosa há décadas, nos Estados Unidos e em todos os cantos do mundo – parece não ser deste planeta. Pois não é que se inspirou na menina Greta e, há três semanas, toda sexta-feira para em frente ao Capitólio, capital norteamericana, para protestar contra as mudanças climáticas.

A presença de Jane Fonda em frente da sede legislativa dos Estados Unidos incomoda e muito o sistema. Tanto incomoda que foi presa pela terceira vez consecutiva nesta sexta-feira, 25 de outubro. Desta vez, em um protesto liderado pelo grupo Oil Change International, também foi detido o ator Ted Danson, da série The Good Place.

Fonda e Danson foram presos pela polícia do Capitólio, junto com outras 30 pessoas, segundo declaração da própria polícia. Segundo matéria do jornal Daily Mail,  Jane e Ted foram vistos entre cartazes com frases de protesto  como  “Ação climática agora” e “Novo acordo verde agora”.

Jane Fonda, veterana de causas libertárias desde os anos 1970, não foi presa por carregar ela mesma um cartaz com os dizeres: “Entre em movimento / Salve o nosso oceano”, nem por “se manifestar ilegalmente na interseção do Capitólio”, conforme nota da polícia. Jane Fonda foi presa por lutar pela sobrevência de nossoa planeta.

Jane Fonda foi presa três vezes, e possivelmente será umas tantas outras vezes, porque é assim que responde a quem luta um governo tosco (como o nosso ) que, por meros interesses econômicos, prefere acreditar que a terra é plana e que não existem mudanças climáticas. Aff…

 

Block

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA?

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

continua depois da propaganda