fbpx

Quem pedirá desculpas ao brasil?

O Brasil está imerso numa catástrofe humanitária. O país, que há pouco mais de cinco anos era um exemplo de combate à pobreza, de luta contra as desigualdades, de democracia distributiva de renda, em pouco tempo se tornou um inferno para os brasileiros e para o mundo.

Por Emir Sader

 Morrem mais de 3 mil pessoas por dia da pandemia, morrem outros tantos, anonimamente, de fome, outros tantos pela violência das milícias e do narcotráfico. Se morre mais do que se nasce no Brasil.

De ter um presidente exemplo para o mundo, o Brasil passou a ter um presidente genocida. De ter um presidente que orgulhava o Brasil no mundo, se passou a ter um presidente que dá vergonha aos brasileiros no mundo.

Todos se perguntam: como foi possível isso? Muitos pedem desculpas por ter possibilitado essa catástrofe, por ação ou por inação. O Judiciário reconhece que Lula sempre teve razão em rejeitar as acusações, em se apresentar para ser preso injustamente.

A dignidade do Lula para enfrentar tudo isso é reconhecida por cada vez mais gente, que se representa nele, no seu drama, na sua resistência e na sua vitória. Muita gente pede desculpas ao Lula por ter sido verdugo contra ele, por ter sido agente do antipetismo – o ódio ao partido que mais fez pelo Brasil.

Lula tem o direito de exigir que lhe peçam desculpas os que o ofenderam, os que ofenderam a sua família, os que denegriram a sua imagem, os que não acreditaram que ele era absolutamente inocente. Muitos deles mudaram de campo, tiveram a honestidade de reconhecer que tinham se equivocado redondamente – o reconhecimento do Felipe Neto é um deles.

Mas, além disso tudo, há um país, há um povo, que foi jogado na miséria e no abandono. A quem é negado o pão e é negada a vacina. Há um Brasil maltratado, que se tornou pária no mundo, que é visto como o pior dos mundos.

Quem foi responsável por tudo isso? Quem permitiu, por ação ou por inação, que a democracia fosse destroçada com o golpe contra a Dilma? Quem reconhece que se equivocou de lado, tem que começar por reconhecer que errou, antes de tudo, naquele momento, que não soube defender a democracia, o mandato de uma presidenta reeleita pelo voto popular. Quem se enganou ou se deixou levar pela má fé de julgar que um governo com o qual não concordava deveria ser deposto por um impeachment sem nenhum fundamento constitucional.

Quem aceitou que o Lula fosse preso, processado, impedido de ganhar as eleições de 2018, sem provas, apenas por convicções de um juiz que hoje é quem tem a maior rejeição no Brasil porque foi desmascarado. Quem achou que o Brasil poderia seguir em frente sem o Lula, como se pudéssemos deixar de lado o que temos de melhor.

Emir Sader – Sociólogo.

Ilustração: Lula em São Bernardo – Foto de 7 de abril, dia da prisão,de Francisco Proner.

Sobre a Autor

De origem libanesa, é graduado em Filosofia pela Universidade de São Paulo, mestre em filosofia política e doutor em ciência política por essa mesma instituição. Nessa mesma universidade, trabalhou ainda como professor, inicialmente de filosofia e posteriormente de ciência política. Trabalhou também como pesquisador do Centro de Estudos Socioeconômicos da Universidade do Chile e foi professor de Política na Unicamp. Atualmente, é professor aposentado da Universidade de São Paulo, dirige o Laboratório de Políticas Públicas (LPP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, onde é professor de sociologia.


Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!


E-Book A Verdade Vencerá – Luiz Inácio Lula da Silva

Em entrevista aos jornalistas Juca Kfouri e Maria Inês Nassif, Lula expressa sua indignação com o massacre sofrido ante a farsa da Lava Jato. Imperdível!

COMPRE AQUI

Anúncios