Vox Populi: o recado do povo

A pesquisa Vox Populi, encomendada pelo PT e divulgada nesta terça-feira, 14, mostra que a maioria dos brasileiros é contra a ascensão do General Hamilton Mourão à Presidência da República, caso o presidente Jair Bolsonaro venha a sofrer um impeachment por crimes de responsabilidade cometidos no exercício do poder. Nada menos que 65% da opinião pública defendem a mudança na legislação para a convocação de novas eleições para presidente da República.
 
De acordo com o levantamento, apenas 31% dos entrevistados apoiam a ideia de Mourão assumir o comando do Palácio do Planalto. Ainda segundo a Vox, 65% consideram que o certo é que os militares permaneçam cumprindo suas funções nos moldes do que estabelece a Constituição Federal, longe da política e de cargos no governo. Este é o percentual da sociedade brasileira contrária ao envolvimento dos militares no governo e na vida política nacional.
 
A pesquisa também revelou que 82% da população rejeitam a presença de um militar no comando do Ministério da Saúde. Levantamento mostra que 59% da população consideram Bolsonaro incapaz de governar o país. E 62% não confiam no presidente da República para o enfrentamento da pandemia. A Vox Populi fez as entrevistas entre 25 de junho e 3 de julho, ouvindo 1.500 pessoas por telefone, residentes em todos os estados e no Distrito Federal, exceto Acre, Amapá e Roraima, em capitais, regiões metropolitanas e no interior, de todos os estratos socioeconômicos. A margem de erro é de 2,5%, estimada em um intervalo de confiança de 95%.
 
Block

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA?

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

 

continua depois da propaganda