fbpx

Jaime, Jaimíssimo!

Homenagem ao Jaime Sautchuk 

Jaime Sautchuk gostava de escrever simples, tantas vezes mencionava o jeito “barde no cantim” de escrever (parafraseando Bariani Ortêncio). Dizia que Altair Sales Barbosa era igual nós (querendo dizer ele), simples (falou com todas as letras) e sabido das coisas (isso ele jamais teria dito de si mesmo).

Cláudia Costa Saenger

Jaimim era igual ao Judiciário, eu brincava, só falava quando era provocado. Dizia que tava “tudo direitim” (mesmo não estando), parecendo que faria tornar as palavras com poder maior do que elas realmente têm. E assim era ele. Um jeito de encantar e ser encantado com e por palavras era a sua habilidade maior.

Tivemos momentos marcantes, como a estreia do livro do Cruls na Bienal. Tive a felicidade de participar de “O Causo eu Conto” e de tantos outros momentos.

Na sexta-feira (09/07), Jaime dizia que “havia muitas notícias ruins” e também que, naquela ocasião, tinha abdicado de escrever a matéria de capa da Xapuri. Isso me deixou perplexa, porque junto disso dizia que tinha sonhos vívidos da Serra do Cachimbo e outras passagens reais em sua vida. “Trodia” tinha dito de um sonho em que tinha escrito um poema muito bonito. Não soube descrever bem o sonho, mas se esmerou em recapitular. Enquanto almoçávamos, ele, do nada, soltou: “nunca mais volto ao Espinhaço!” (a serra mineira)… Eu, sem entender, perguntei o motivo. Ele: “De lá, só restou o bagaço”. Se ocupava em recuperar da memória o poema do sonho que teve.

N’outros dias tinha escrito “poeminha” (palavras dele) pra me homenagear. Pra mim era poemaço. Me dizia que eu era a alma boa de Setsuan (citando Bretch).

Assim, Jaimíssimo (chamava ele assim no início do nosso namoro) volta como um assopro de vento em todos os instantes pra mim. Saudades eternas!

Cláudia Costa Saenger – Companeheira de Jaime. 

continua depois da propaganda

Jaime Sautchuk (1953-201).


Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia.GRATIDÃO!

Anúncios

loja Xapuri camisetas

 

E-Book Por Um Mundo Sem Veneno

COMPRE AQUI

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia.GRATIDÃO!

continua depois da propaganda