Alessandra Korap, líder mundurucu, ganha prêmio Robert F. Kennedy de direitos humanos

Premiação foi reconhecimento à luta de Alessandra Korap contra as propostas do governo de legalizar mineração em terras indígenas

247 – A líder indígena mundurucu Alessandra Korap é a vencedora do prêmio Robert F. Kennedy de Direitos Humanos (EUA) deste ano, pelos seus esforços na luta em defesa dos direitos indígenas, e contra as propostas do governo Jair Bolsonaro de legalizar mineração em terras indígenas.

Korap disse que o prêmio ajudará a fortalecer o território mundurucu. “A Funai e o próprio presidente [Jair Bolsonaro] negam nosso direito à terra. Os caciques ficaram muito felizes com o prêmio, apesar de tudo o que está acontecendo, das ameaças. É um prêmio coletivo em defesa do território”, disse à Folha de S. Paulo.

Korap receberá US$ 30 mil (R$ 166 mil) pelo prêmio e disse que o dinheiro será usado para fortalecer a luta dos mundurucus. A cerimônia virtual, em 22 de outubro, contará com a participação de John Kerry, ex-secretário de Estado dos EUA e candidato derrotado à Presidência do Partido Democrata.

O prêmio leva o nome do irmão do presidente democrata John Kennedy, morto em 1963. Procurador-geral e senador por Nova York, Robert também foi assassinado, em 1968.

Fonte: Brasil 247

 

 

Block

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA?

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

continua depois da propaganda