O mais humano dos deuses, Diego Maradona sai de campo (25/11/2020) e entra para a história de seu país e do mundo. Era o Dieguito, El Pibe de Oro, o habilidoso e indomável baixinho canhoto que tinha extraordinário talento com a bola, com as palavras em ações de solidariedade. Gustavo Dourado homengeia o “Incrível” com um cordel

Maradona

Foi Diego Maradona
Um craque do futebol
Polêmico e criativo
Fez da bola um arrebol
Como Pelé foi mestre
O campo foi o seu sol

Maestro com a pelota
Usou pé, cabeça e mão
Fez gols inacreditáveis
Deixava a zaga no chão
Dom Diego Maradona
Jogava com o coração

Um artista com a bola
Jogava com maestria
Driblava como Garrincha
Trouxe ao povo alegria
Dom Diego Maradona
Foi voz da cidadania…

Gustavo Dourado é Presidente da Academia Taguatinguense de Letras, escritor e cordelista e parceiro da ALANEG – Academia de Letras e Artes do Nordeste Goiano.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossos produtos. É, também, com um percentual dessas vendas, que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, do povo Krenak, em Minas Gerais, do Museu Kalunga Iaiá Procópia, em Goiás e do povo Xavante, no Mato Grosso. Ao comprar em nossa Loja Xapuri, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Contamos com você! WhatsApp:

61 9 99611193.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: