Maradona

O mais humano dos deuses, Diego Maradona sai de campo (25/11/2020)  e entra para a história de seu país e do mundo. Era o DieguitoEl Pibe de Oro, o habilidoso e indomável baixinho canhoto que tinha extraordinário talento com a bola, com as palavras em ações de solidariedade. Gustavo Dourado homengeia o “Incrível” com um cordel

Foi Diego Maradona
Um craque do futebol
Polêmico e criativo
Fez da bola um arrebol
Como Pelé foi mestre
O campo foi o seu sol

Maestro com a pelota
Usou pé, cabeça e mão
Fez gols inacreditáveis
Deixava a zaga no chão
Dom Diego Maradona
Jogava com o coração

Um artista com a bola
Jogava com maestria
Driblava como Garrincha
Trouxe ao povo alegria
Dom Diego Maradona
Foi voz da cidadania…

Gustavo Dourado é Presidente da Academia Taguatinguense de Letras, escritor e cordelista e parceiro da ALANEG – Academia de Letras e Artes do Nordeste Goiano.

Block

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA?

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

continua depois da propaganda