Kelvin trabalhava como motoboy. Com seu salário, comprou uma roupa e foi levar o pagamento para o vendedor.

Sob as ordens do governador Wilson Witzel, a polícia do Rio de Janeiro assassinou mais um menino, Kelvin Gomes, 17 anos, vítima de bala perdida em operação policial no Irajá, com policiais – autorizados perlo governador genocida – atirando em ambientes públicos.

Kelvin trabalhava como motoboy. Com seu salário, comprou uma roupa e foi levar o pagamento para o vendedor.

Até quando vão permitir esse genocídio?

Comentário de Valderlene:

Só corrigindo: não existem “balas perdidas” EXISTE AS BALAS DO FUZIL DISPARADAS PELO EXÉRCITO QUE MATARAM O MÚSICO EVALDO ROSA (Mais de 80 tiros foram disparados pelo exército contra o carro. EXISTE A BALA ASSASSINA QUE MATOU MARIELLE E ANDERSON POR MILICIANOS LIGADOS A POLÍCIA E A FAMÍLIA DE UM PRESIDENTE DA REPUBLICA. EXISTE A BALA ASSASSINA QUE MATA MILHARES DE JOVENS EM COMUNIDADES POR DIA CONTRA UM INIMIGO QUE TEM CLASSE SOCIAL E COR. TEM UM ESTADO OPRESSOR E ASSASSINO QUE TORTURA E MATA PESSOAS EM CARCERE PRIVADO COM APOIO DO MINISTRO DA JUSTIÇA DO PRESIDENTE E DA SOCIEDADE. O INIMIGO TEM COR (PRETO) E CLASSE SOCIAL (POBRE).

O ESTADO DO RIO TEM A POLICIA MAIS LETAL (5 PESSOAS EXECUTADAS PELO ESTADO POR DIA) DADOS DO ANUÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA 2019. MAS ENGRAÇADO É O NÚMERO DE FEMINICÍDIO ALARMANTE E MORTES PROVOCADAS POR POLICIAIS ALARMANTES EM 2019 E DADOS TOTALMENTE ENGANADORES QUE A TAXA DE HOMICÍDIOS CAIU.
Foi registrado um caso de violência doméstica a cada dois minutos. As Polícias mataram 6,220 pessoas, número 19,6% superior ao registrado em 2017. Homem (99,3%), negro (75,4%) e jovem entre 15 e 29 anos (77,9%) é o padrão dos mortos pelas Polícias.

Fonte: Jornal GGN

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.