CPI da Pandemia: Mulheres na Resistência

LIVE SOLIDÁRIA ❤️ CPI DA PANDEMIA: MULHERES NA RESISTÊNCIA ⏰ Dia: 22/10 – 21h 📍 Iolanda Rocha Mediadora 📌 Maryelle Ferreira Pinheiro 📌 Adriana Dias


Esta Live Solidária trata do sofrimento e da resistência das mulheres brasileiras durante este processo de pandemia que o Brasil viveu sob a condução de um governo genocida. Para complementar a excelente análise da Maryelle Ferreira Pinheiro  e da Adriana Dias, mediada por Iolanda Rocha, escolhemos esta matéria da equipe AzMina, sobre gênero da CPI da Pandemia. 

Porque devemos falar de gênero na CPI da Pandemia

A crise do coronavírus impactou diretamente a vida das mulheres brasileiras, mas CPI no Senado tem apenas homens integrantes

Por Equipe AzMina

Teve início em abril de 2021, no Senado Federal, a CPI da COVID-19, também chamada de CPI da Pandemia, CPI do Coronavírus, ou CPI da COVID. A comissão parlamentar de inquérito investiga supostas omissões e irregularidades nas ações do governo federal durante a pandemia de COVID-19 no Brasil. Fazem parte dela 18 senadores – todos homens.

E, diante de um cenário de crise sanitária e econômica que afetou diretamente as mulheres – principalmente as negras, pobres e periféricas – a ausência de representantes femininas para falar sobre gênero na comissão é um problema.

A exposição ao vírus, o acesso aos serviços básicos de saúde, a responsabilidade de cuidar da família em meio a uma crise sanitária, tudo isso afeta as mulheres de maneiras bastante específicas. Foram mais de 600 mortes maternas em decorrência da Covid-19 até agora.

As enfermeiras mulheres, que são maioria na categoria que está na linha de frente do combate ao vírus, tiveram que lidar com a falta de materiais básicos de segurança, como máscaras e álcool em gel.

CLIQUE NO ANÚNCIO PARA AJUDAR NOSSO PROJETO:

E, sem um auxílio emergencial que supra as necessidades de uma família, mulheres se expõem diariamente ao risco nas ruas das cidades brasileiras. – Link para a matéria:

https://azmina.com.br/reportagens/porque-devemos-falar-de-genero-na-cpi-da-pandemia/ –


Block

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!


 

CLIQUE NO ANÚNCIO PARA AJUDAR NOSSO PROJETO:
[instagram-feed] [instagram-feed]