Anúncios

Ao 24 de janeiro: Não me venham com crepúsculo Que chego armado de auroras

Por: Pedro Tierra

Onde eles dizem paz,
Eu digo justiça

Onde exibem convicções
Exijo prova.

Onde impõem silêncio
Entoo canções.

Quando lustra algemas
Invento caravanas.

Onde defendem mercado,
Afirmo pátria

Onde dizem casta
Respondo classe.

Onde erguem o tribunal
Convoco a Praça.

Onde dizem ordem
Eu digo liberdade.

Não me venham com crepúsculo
Que chego armado de auroras
Para reacender as cinzas
Do nosso gasto coração.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: