Moro confessa que via Lula como um adversário em um ‘ringue’ de luta

Não há dúvidas de que o ex-juiz Sérgio Moro sempre encarou o ex-presidente Lula (PT) como um adversário a ser vencido, como foi, pelo menos até agora.

Mas isso vir da boca do próprio ex-juiz é grave. Moro deveria pelo menos fazer de conta que foi um juiz imparcial e que decidiu suas condenações baseado em provas.

Em uma entrevista à Globo News ele fala que “era na forma oral como a gente fez no ringue com Lula”. 

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) compartilhou o vídeo com essa frase e escreveu:

“CONFISSÃO: Em entrevista para a Globo News, no último domingo, o e-juiz e ex-ministro de Bolsonaro confirmou que tratava @LulaOficial como adversário em uma luta de boxe. É urgente que o processo conduzido por Moro seja anulado por quebra de imparcialidade.”

Essa é só mais um evidência de que a Lava Jato foi um conluio armado contra Lula e o Partido dos Trabalhadores para que fossem banidos do cenário político.

Aguardamos pelo julgamento da parcialidade de Moro como juiz no Supremo Tribunal Federal. Mais do que inocentar Lula, esse julgamento pode restituir a democracia brasileira.

.

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) também comentou a fala de Moro:

“Moro abre o jogo e confessa que esteve em um “ringue” contra Lula. Ora, a imparcialidade natural de qualquer juiz é antagônica à ideia de luta, duelo. Em vários momentos, Moro deixa vazar a orientação política da Lava Jato. Os abusos dessa operação levou o país ao caos atual.”

Fonte: Blog do Esmael

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: