Por Alex Solnik/Brasil 247

O homem mais poderoso do país é aquele que não precisa de um cargo para ser poderoso. É aquele que tem poder mesmo quando não está no poder. É aquele que todos querem derrubar, mas não conseguem”, afirma; seu nome: Luiz Inácio Lula da Silva.

O homem mais poderoso do país não é o dono da maior rede de TV. Senão, seria João Roberto Marinho. Mas se o sinal for apagado por alguém mais poderoso, seu poder acaba.

O homem mais poderoso do país não é o que está sentado na cadeira de presidente da República. Senão, seria Michel Temer, mas ele não tem votos nem para ser síndico de prédio.

O homem mais poderoso do país não é o mais temido. Senão, seria Sérgio Moro. Mas quando acabar a Lava Jato seu poder será nenhum.

O homem mais poderoso do país não é o mais esperto. Senão, seria Eduardo Cunha. Mas quando seus recursos terminarem ficará sem poder.

O homem mais poderoso do país é aquele que não precisa de um cargo para ser poderoso.

Não precisa de uma conta bancária para ser poderoso.

É aquele que todos querem derrubar, mas não conseguem.

É aquele que ninguém tem coragem de delatar.

É aquele que ninguém tem coragem de prender.

Há 16 anos, o homem mais poderoso do Brasil é Lula.

Sarney foi presidente por quatro anos; saiu pela porta dos fundos.

Collor governou por dois anos; foi enxotado.

Fernando Henrique governou por oito anos, mas não fez o sucessor.

O poder deles se esvaiu assim que deixaram a presidência.

Lula governou por oito anos, reelegeu sua sucessora, que também se reelegeu e que caiu porque não o ouviu.

Lula é o único brasileiro que pode se eleger, a qualquer momento, no cargo que quiser: vereador, prefeito, deputado, governador, senador, presidente da República.

Em qualquer cidade ou estado do país.

Ele não depende de nada fora dele para ter poder. Seu poder é pessoal e intransferível.

Lula é tão poderoso que, mesmo se for preso, continuará sendo o homem mais poderoso do país.

Lula é tão poderoso que, mesmo depois de morto continuará sendo o homem mais poderoso do país.

Ninguém, depois de Dom Pedro I e Dom Pedro II foi tão poderoso quanto Getúlio.

Ninguém, depois de Getúlio foi tão poderoso quanto Lula.

*Alex Solnik é jornalista. Já atuou em publicações como Jornal da Tarde, Istoé, Senhor, Careta, Interview e Manchete. É autor de treze livros, dentre os quais “Porque não deu certo”, “O Cofre do Adhemar”, “A guerra do apagão” e “O domador de sonhos”

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: