Livro  resgata lembranças e emoções de familiares após assassinato da vereadora

Por Simone Freire

Coletânea é organizada por Anielle Franco e teve lançamento no 12 de julho pela Editora Conexão 7 em parceria com o Instituto Marielle Franco

Imagens, cartas e desabafos de Luyara, Anielle, Marinete e Antonio, membros da família Franco, estão reunidas no livro “Cartas para Marielle”, que foi lançado no dia 12 de julho, dentro da programação da Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP) 2019.

Na coletânea, organizada pela irmã da ex-vereadora, Anielle, a família narra diversos episódios vividos por eles após a fatídica noite de 14 de março de 2018, quando Marielle foi brutalmente assassinada no Rio de Janeiro.

“É um livro de cunho emocional, totalmente das nossas experiências sem a Marielle. Não tem como ler e não se colocar um pouquinho no nosso lugar de família, da perda que a gente teve”, explica Anielle.

Escritos

Um caderninho de casa, textos escritos para reportagens, desabafos e lembranças compartilhadas em redes sociais. Anielle teve um longo e emocionante trabalho ao reunir o que a família queria e precisava dizer sobre a mãe, filha, militante, política e lutadora Marielle Franco.

“O livro está emocionante. Eu demorei muito para colocar ele no lugar que eu queria. Demorei meses porque eu chorava muito vendo as cartas”, conta.

Entre os escritos, há cartas de Antonio narrando sobre seu primeiro Dia dos Pais sem Marielle, e Marinete, sua mãe, contando sobre sua maternidade interrompida. “Acho que a mais bonita é a carta do meu pai sobre o dia fatídico, onde ele conta em detalhes sobre como recebeu a notícia”, revela Anielle.

“As pessoas podem esperar muito afeto, muito amor neste livro. Dá pra perceber a troca, em de como a Marielle era com a gente. Está de arrepiar”, instiga Anielle.

Fonte: Almas Pretas     Edição Xapuri

 

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: