Anúncios

Flor do cerrado sol da primavera

Por: Gustavo Dourado

Ame suave dormite no sonho

Adentre ao ser feito quimera

Morenua musa fada bailarina

Flor do cerrado sol da primavera

Navega sereia pelas águas da vida

Menina-Mulher deusa que encanta

Nave voavoárvore que floresce

Lua serena que ilumina e canta

O poeta quer a luz da estrela

O sinal que o tempo anuncia

A voz da natura que ecoa

O amor em forma de poesia

foto: Heloisa Corazolla

SOBRE A CALLIANDRA

Calliandra é um gênero botânico exclusivamente neotropical com 132 espécies de plantas com flores que pertencem à família Fabaceae, subfamília  mimosoideae.

Essas espécies estão presentes na  Ásia, África, Américas e Austrália. Podem ser arbustos ou pequenas árvores  de folhas bipinadas. Suas flores tem formato globoso e são formadas por inúmeros estames  longos e finos. Tem vários nomes populares, como: Arbusto-chama, Diadema, Esponjinha, Esponjinha-sangue, Esponjinha-vermelha, Mandararé, Topete-de-pavão.

O gênero Calliandra foi estabelecido por Bentham (1844) e inclui espécies da subfamília Mimosoideae com androceu polistêmone e monadelfo que possuem um tipo de legume caracterizado pela deiscência longitudinal elástica a partir do ápice e valvas com margens espessadas. O gênero foi recentemente revisado por Barneby (1998) que o expurgou dos elementos africanos e asiáticos de modo que, na sua atual circunscrição.

Características Gerais – A caliandra é uma planta arbustiva, lenhosa e muito florífera. Apresenta caule ramificado e folhas compostas, bipinadas e opostas, com folíolo pequenos, de cor verde escura. As inflorescências são do tipo umbela, com flores pentâmeras e vermelhas, caracterizadas pelos longos e sedosos estames, que dão ao conjunto da inflorescência um aspecto de pompom. É uma espécie muito ornamental, devido principalmente ao charme de suas flores felpudas. Ela é excelente para formar cercas vivas topiadas ou renques informais. Também pode ser plantada isolada, criando um certo destaque ao jardim quando está florida.

Condições de Cultivo – Deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil, drenável, sem cuidados especiais pois é bastante rústica. As podas de formação estimulam o adensamento da planta. Multiplica-se por estacas e sementes e é tolerante ao frio.

Os dados sobre a Calliandra, que complementam esta matéria com o belo poema de Gustavo Dourado sobre essa flor,  foram todos extraídos da Wikipedia. https://pt.wikipedia.org

Gustavo Dourado é um dos maiores poetas-cordelistas do Brasil. Sua excelente e extensa produção literária pode ser encontrada em www.gustavodourado.com.br/cordel.htm.  Gustavo é também presidente da Academia de Letras de Taguatinga.

Foto: caliandradocerrado.com.br

ANOTE:

Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta de movimentos sociais Brasil afora. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Visite nossa Loja Solidária: https://www.xapuri.info/loja-solidaria.Em Brasília, com Janaina: 61 9 9611 6826.

Camiseta Krenak: https://www.xapuri.info/produto/camiseta-krenak/

 

 

Anúncios

Comentários

X
%d blogueiros gostam disto:
preloader