Humanidade estoura limite de 1,5ºC em 22 anos, diz estudo

Por LUCIANA VICÁRIA

Atol de Ebeye nas Ilhas Marshall, uma das regiões que talvez não sobrevivam a um aquecimento maior do que 1,5° Celsius (Foto: NASA)
DO OC – Se as emissões de gases de efeito estufa continuarem crescendo nos níveis atuais, restam cerca de 22 anos até que a temperatura global alcance 1,5°C e o aquecimento ultrapasse o limite seguro estabelecido pelo Acordo de Paris, indica um estudo publicado nesta segunda-feira (18) na revista científica Nature Geoscience.Pesquisadores da Universidade de Oxford, que conduziram o estudo, liderados por Nicholas J. Leach, introduziram uma métrica alternativa chamada “escala de adaptação/mitigação”, que considera apenas os orçamentos de carbono para os cálculos de aumento da temperatura e tempo.“A métrica é capaz de fornecer informações valiosas sobre o estado atual do sistema climático e especificar emissões futuras de CO2, além de indicar o tempo restante para que se atinja determinada temperatura e o momento da estabilização da temperatura do planeta”, disse Leach. De acordo com ele, se a liberação de gases poluentes se mantiver, atingiremos o 1,5° C de aquecimento entre 2030 e 2049.

A escala de tempo de Leach é aplicável  apenas para alvos climáticos de baixo aquecimento (até 1,5°C), já que em níveis mais elevados (acima de 2°C) podem surgir feedbacks adicionais do ciclo de carbono. Os próprios pesquisadores ponderam que a conta só é válida se os demais gases estufa se mantiverem constantes no futuro. Afinal, mesmo tendo um tempo de vida mais curto na atmosfera do que o CO2, gases extremamente poluentes como o metano também afetam o nível de aquecimento.

“Além de supor que o padrão de emissão dos demais gases de efeito estufa não muda com o tempo, assume que os sumidouros terrestres e oceânicos [de carbono] permanecem inalterados”, disse Carlos Nobre, climatologista da Academia Brasileira de Ciências. De acordo com ele, a capacidade dos oceanos e dos ecossistemas terrestres de absorver o excesso de carbono lançado no ar pela humanidade dá sinais de que pode declinar antes do que se imaginava. E caso isso se comprove, o tempo para chegar ao aquecimento de 1,5°C seria ainda mais curto.

Fonte: Observatório do Clima

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: