Índia proíbe plástico descartável em Delhi, capital do país

A cidade de Delhi, capital da Índia,  considerada uma das  mais poluídas no mundo, proibiu, no início de janeiro deste ano. o uso de plástico descartável.

A proibição de sacolas plásticas e outros tipos de utensílios feitos de plástico foi efetuada pelo National Green Tribunal, instituição que supervisiona assuntos de interesse ambiental no país.

A medida foi vista como necessária uma vez que o uso de artigos de plástico tem provocado problemas sérios para a Índia e  para o planeta.

Segundo o jornal Times of India, o país é responsável por um incríveis 60 por cento de plástico que polui os oceanos do mundo. O jornal afirma que a Índia despeja 8,8 milhões de toneladas de plástico nos oceanos por ano.

A proibição aconteceu após reclamações sobre a degradação da qualidade do ar na cidade após queimadas em massa de plástico, realizadas ilegalmente.

A qualidade do ar na Índia é uma questão crítica. No site elaborado pela organização World Air Quality Index Team o ar na maior parte do país está classificado como “não saudável”, “muito não saudável” ou “perigoso”.

Em 2016, 5.000 escolas foram fechadas em Delhi por três dias após a poluição do ar ter atingido um recorde perigoso para a saúde humana.

De acordo com o Tribunal, o governo de Delhi irá tomar medidas para o armazenamento e reciclagem do plástico. “Todas as empresas… e outras autoridades públicas, incluindo o Tribunal, devem tomar medidas imediatas para a redução e utilização do lixo de aterro,” disse o Tribunal.

Plástico na Índia

Fontes: Independent , CNN, Times of India

Fotos: Wikimedia Commons

About The Author

Eduardo Pereira

Produtor Cultural

Related Posts

Deixe uma resposta