Sustentabilidade e Indivíduo – O indivíduo não existe. O que existe é a pessoa humana – 

A rigor o indivíduo não existe. O que existe é a pessoa humana, nó de relações orientadas para toda as direções. Ninguém vive fora da rede de relações que sustenta o universo no qual cada um está imerso.

Por isso o correto seria dizer indivíduo relacional, mas manteremos a palavra indivíduo, em seu sentido mais filosófico do que social, pela seguinte razão: existe uma dimensão na pessoa que é sua singularidade irreduzível, que faz com que ela seja única e irrepetível no universo e na história, no passado, no presente e no futuro. Igual a ela nunca houve nem haverá. Temos a ver com uma emergência singularíssima do próprio universo.

Que representa a sustentabilidade para o indivíduo assim compreendido? Que significa possuir uma existência sustentável? Tudo depende da antropologia, vale dizer, do tipo de compreensão que assumimos do ser humano individual. Cada cultura representa a seu modo o ser humano individual. Correspondentemente lhe atribui certo nível de sustentabilidade.

No entanto, cada representação é uma representação, isto é, uma projeção que uma determinada cultura elabora acerca do indivíduo singular, a partir das experiências, das visões de mundo, tradições, experiências e conhecimentos disponíveis.

O que é ele? Não o sabemos totalmente. Ele se perde para dentro de um mistério insondável que, ao longo da história, vai entregando facetas novas e surpreendentes dele mesmo.

 

About The Author

Leonardo Boff

Filósofo, Teólogo, Escritor

Related Posts

Deixe uma resposta