Aqui no Planalto Central, principalmente na região do Goiás, ninguém nunca viu, mas muita gente dá conta da existência um ser enorme, meio bicho-meio gente, com cabelos enormes, unhas de metros, orelhas e cavaco e um urro de arrepiar. Esse bicho fantástico que vive no imaginário goiano é chamado de Pai do Mato.

Conta a história oral que o Pai do Mato é um defensor da natureza, principalmente dos animais e das plantas e, que, pra proteger as matas, se for preciso engole gente. Quem conta de quem diz que o viu um dia, dá notícias de um ser tipo extra-terrestre, com os pés parecidos com os dos cabritos, as mãos semelhantes às de um macaco e um nariz muito azul, assim como sua urina, que também é azul.

Diz-se também que o Pai do Mato tem o corpo fechado, razão por bala e faca não o matam.  Seu ponto fraco é um umbigo. Para acertá-lo, é preciso acertar exatamente no centro de uma roda frágil que ele tem em volta do umbigo. Mas como é difícil vê-lo, é quase impossível pensar que alguém possa sequer imaginar em acertá-lo. Em tempos passados, ele teria sido o grande defensor da floresta amazônica, mas depois que seus filhos cresceram, o Pai do Mato resolveu assumir a defesa as árvores tortas do Cerrado.

Fontes: Só História Wikepedia

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826

Leave a Reply

Your email address will not be published.