Senado rejeita recondução de procuradores favoráveis a Dallagnol ao CNMP

“Nós respeitamos o direito de voto de cada senador. Mas houve uma votação com um número baixo de votantes. Uma votação para mandar recado, para retaliar”, acrescentou o senador Alessandro Vieira (Cidadania-ES). Ele explicou que uma votação desse tipo já havia sido cancelada neste mês por conta do baixo quórum e defendeu, em plenário, que, por conta disso, a votação desta quinta também deveria ser cancelada.

Alcolumbre, contudo, não acatou o pedido desta vez e colocou as reconduções em pauta, coincidentemente ou não, logo depois que o senador Renan Calheiros anunciou nova representação no Conselho Nacional do Ministério Público, pedindo novamente o seu afastamento

A recondução de Lauro Machado Nogueira para o Conselho Nacional do Ministério Público no biênio 2019/2021 foi, então, rejeitada por 36 votos a 24. Logo depois, por 33 votos a 15, o plenário também rejeitou a recondução de Dermeval Farias Gomes.

O resultado também foi questionado pelo líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), e pelos senadores Soraya Thronicke (PSL-MS), Lasier Martins (Podemos-RS) e Juíza Selma (Podemos-MT). Eles se reuniram no gabinete de Lasier logo depois da votação e prometem anunciar, junto com outros senadores e o grupo Muda Senado, medidas de combate a esta e a outras práticas do atual presidente Davi Alcolumbre nesta quinta-feira (19).

Entre os pedidos que devem ser apresentados por esses senadores estão o cancelamento da votação desta quarta-feira, a realização de votações exclusivamente abertas a partir de agora, a instalação da CPI da Lava Toga e a reanálise dos nomes indicados também nesta quarta-feira para o conselho de ética do Senado.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: