Roraima: Incêndio criminoso ateia fogo em bebê indígena

Um bebê indígena de 1 ano e quatro meses foi queimado enquanto dormia com a mãe na varanda de casa madrugada desta sexta-feira (24), no bairro Mecejana, zona Oeste de Boa Vista. O bebê, segundo fontes da mídia local, o bebê sofreu queimadura de segundo grau no abdômen, braços e rosto, e teve 27% de seu corpo queimado.

Para Gezenaira Paulino, de 28 anos, que teve ferimentos no corpo, embora não não saiba a causa, ela e seu filho foram vítimas de um atentado. Sobre a rede em que dormiam na varanda da casa, por volta das 4 horas da madrugada foi jogada gasolina e ateado fogo.

“Dentro de casa é muito quente, então foi dormir na rede da varanda. Quando acordei com uma explosão e meu filho estava pegando fogo. O cheiro de gasolina era muito forte. Sofremos um atentado”, disse. Segundo contou uma tia do bebê, ele a mãe não costumam dormir na varanda de casa. Djanira optou por mudar a rotina devido ao calor dentro do quarto. O imóvel onde ocorreu o suposto atentado é murado.

O bebê foi levado ao Hospital da Criança por familiares. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que a ele “apresenta queimadura de segundo grau no tronco e rosto. A criança está na emergência e seu estado de saúde é estável, sem risco de morte”.

“A pessoa que fez isso, jogou alguma coisa por cima do muro que acabou nos atingindo”, afirmou Djanira.  A Polícia Militar foi chamada, fez ronda pela redondeza, mas não achou nenhum suspeito. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial. Em nota à Rede Amazônica em Roraima, a Polícia Civil informou que “vai ser apurado as causas e as circunstâncias e verificar quem foram os responsáveis por tal ato”.

Deixe uma resposta