Faleceu Dandy, o tigre-de-bengala macho do Zoológico de Brasília. Em Nota de Pesar, o Zoo informou, neste domingo, 29 de setembro, que Dandy acordou apático e, mesmo tendo sido atendido pela equipe médica do Zoológico, não resistiu. Dandy tinha 10 anos de idade.

A Nota de Pesar afirma que exames laboratoriais realizados em Dandy na quinta-feira, dia 26, para que ele pudesse doar sangue à irmã Maya, que passou por uma cirurgia para debelar uma infecção no útero na semana passada, indicou “alterações importantes que inspiravam cuidados”. O Zoológico não detalhou os problemas encontrados.

Maya, que segundo a equipe do Zoo apresenta melhora relevante em seu quadro de saúde, é agora o único anima da espécie no Zoológico de Brasília. De origem asiática, o tigre-de-bengala é um dos maiores felinos do mundo e encontra-se na lista dos animais ameaçados de extinção.

Com enorme tristeza, informamos que o nosso macho de tigre-de-bengala, o Dandy, faleceu. Foram três dias de intensos esforços de toda a equipe técnica e de voluntários especializados do Zoo.

Na última quinta-feira (26), o Dandy passou por uma inspeção clínica e coleta de sangue para exames laboratoriais e para transfusão em sua irmã, Maya. O resultado dos exames apontou para alterações importantes que inspiravam cuidados. Todos os esforços foram dedicados para buscar sua melhora clínica.

Mas, no dia de hoje (29), Dandy despertou apático não reagindo a estímulos. Foi atendido imediatamente pela equipe de especialistas e durante toda a manhã, mesmo depois de intensos esforços, não resistiu.

A causa da morte será divulgada assim que sairem os resultados dos exames histopatológicos.

A equipe do Zoológico de Brasília e todos os admiradores de sua beleza e forte personalidade estão de luto e vão se recordar com carinho de toda sua imponência.

Em relação a tigresa Maya, que passou por uma intervenção cirúrgica importante para correção de infecção abdominal grave, ela apresenta melhora relevante no quadro, apesar da extrema delicadeza e nos dá esperança de dias melhores.

Contamos com a ajuda de todos e pensamento positivo para que ela possa se recuperar deste momento difícil.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: