Por Pedro Tierra

Morri um pouco esta manhã. Morremos

todos um pouco esta manhã.

Um pedaço de nós.

O melhor pedaço.

Partiu nesta manhã Aldir Blanc:

O Brasil que amava o Brasil.

E o silêncio ficou maior.

Vamos viver

o irremediável silêncio dos órfãos.

Os órfãos da palavra.

Já mal ouvimos na plataforma

os passos que o afastam de nós

e nos deixam no peito

“uma dor assim pungente!

Não há de ser inutilmente!

A Esperança

dança!

na corda bamba de sombrinha…”

Nossa dor é nossa esperança de que o

“Show de todo artista tem que continuar!”

Sussura a voz que se afasta talvez

em busca do nosso coração.

Pedro Tierra – Em 4 de maio e de perda – Ano de 2020.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: