E Miguel? Miguel foi sepultado neste sábado, 5 de junho, pela manhã.
Do Facebook de  Stefesson Camillo

As unhas da patroa ficaram ótimas.
A manicure segue trabalhando na pandemia.
O cachorrinho passeou e já está alimentado.
O homicídio foi considerado “culposo”.
O Estado recebeu R$ 20 mil de fiança.
O processo corre em segredo de justiça.
O nome da patroa não foi revelado.
Ela foi liberada pra responder em liberdade.

E o Miguel!?

Miguel foi sepultado hoje [sábado]de manhã.

Miguel Otávio, de seis anos de idade, foi deixado com a patroa de Mirtes, enquanto sua mãe desceu para passear com a cadela de estimação da família. Miguel Otávio ficou com a patroa de Mirtes, Sarí Corte Real, enquanto a empregada negra levava a cadela para um passeio, por ordem da patroa. Miguel ficou com Suri, que botou Miguel sozinho em um elevador, para que se virasse à procura da mãe. Miguel Otávio saiu do elevador e, do nono andar, caiu no vácuo e alcançou o chão da morte. Miguel não merecia este destino. Nenhuma criança merece. Infelizmente, este é o destino de muitas crianças negras em nosso país. Também por essa razão, estamos com Angela Davis. Nesses tempos tenebrosos, não basta  não ser racista. É preciso ser antirracista.

Créditos: Tanto o texto quanto as artes usadas nesta matéria circulam nas redes sociais sem menção da autoria das imagens ou da mensagem. Caso alguém tenha informação, por favor nos informe para possamos fazer o devido reconhecimento. 

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 99611193

%d blogueiros gostam disto: