Imprescindíveis. Escritas na prisão, as memórias do militante José Dirceu de Oliveira e Silva, uma das mentes mais lúcidas e brilhantes já surgidas em terras tupiniquins, são absolutamente imprescindíveis para a compreensão da nossa história contemporânea, da luta renhida conta a ditatura militar à inimaginável e extraordinária eleição de um operário para a presidência do Brasil.

Como não podia deixar de ser, Zé Dirceu constrói em livro um registro da memória coletiva do movimento social brasileiro e do “seu” PT, e o dedica à militância, a quem é de luta, e a Lula. Zé Dirceu, esse bravo realizador de sonhos segue, valente e amorosamente, formando consciências, fomentando conquistas, e, mais do que tudo, contra vento e maré, contra processos, condenações e prisões injustas, apostando na esperança.

É disso, portanto, que trata o  Zé Dirceu Memórias – Volume  I: das lições de vida de um ser humano que em tudo o que fez e faz se doou e se doa por  inteiro para, pelo desvendar dos mais íntimos e fantásticos recôncavos de sua fabulosa trajetória, por seu  exemplo de correção, compromisso e lealdade manter, em cada qual de nós, acesa a chama da coragem para seguir lutando  por um mundo melhor para as gerações presentes e futuras.

Pronto: Zé Dirceu fez a parte dele, abriu seu coração, sua história de lutas, sua incrível  participação na vida política brasileira (tem gente que deve estar de cabelo em pé), nos deu o melhor de si. Agora, é tempo de retribuir.  É hora de comprar o livro, ler o livro, multiplicar o conteúdo do livro. É chegado o momento de defender o legado de Zé de Dirceu e de tudo que esse legado representa para o Brasil e para o mundo.

ZÉ DIRCEU MEMÓRIAS – VOLUME I
O texto que se segue foi publicado no BLOG DO ZÉ DIRCEU: Muitos escreveram sobre José Dirceu, com mais erros do que acertos. Com tempo, na prisão, ele mesmo escreveu a fascinante história de sua vida. Os bastidores inéditos de sua militância estudantil nos anos 1960, o exílio e o treinamento para ser guerrilheiro em Cuba, a cirurgia plástica que mudou seu rosto, a vida clandestina no Brasil nos anos 1970, a volta à legalidade com a anistia, em 1979, e sua ascensão no Partido dos Trabalhadores, onde se tornou presidente e maior responsável pela eleição de Lula à presidência da República. Pela primeira vez ele revela segredos dos bastidores da luta política dentro do PT e do próprio governo, onde foi chefe da Casa Civil e provável sucessor de Lula, até ser abatido pelas denúncias do chamado “Mensalão”.  No primeiro volume de suas “Memórias” – outro virá, com novas revelações – ele expõe o que jamais foi dito sobre sua vida e sobre os principais líderes da política brasileira nos últimos 50 anos.  Um livro imprescindível para se entender como foi a luta contra a ditadura miliar, a redemocratização, a derrubada do presidente Fernando Collor, a oposição aos governos de Fernando Henrique Cardoso, a eleição de Lula e Dilma e o atual momento político do país.
UM LIVRO DEDICADO AO LULA, À MILITÂNCIA, A QUEM É DE LUTA

Meus companheiros e minhas companheiras, militantes da luta social, da luta política, do meu PT, dos partidos de esquerda, dos movimentos, da CUT, do MST, da CONTAG, do Povo Sem Medo, da Frente Brasil Popular, do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto:

Estou lançando as minhas memórias, que escrevi durantes os anos de prisão, injusta. Relembro e rememoro nossas lutas, parte de nossas vidas, da construção do PT, da luta conta a Ditadura, das Diretas, do Impeachment,  e relembro também meus anos em Cuba, meus anos na clandestinidade e toda a luta que fizemos por um Brasil melhor, para levar Lula à Presidência.

Faço uma reflexão sobre nossas vitórias, que foram muitas, mas também sobre nossas derrotas. Paro em 2006, quando fui cassado e processado na Ação Penal 470. Escreverei um segundo volume.

A vocês dedico este livro: à militância. Àqueles que lutaram e conquistaram no Brasil um avanço extraordinário histórico, que foi a eleição de Lula. Minhas memórias também são uma homenagem a Lula, preso injustamente, condenado num processo sumário, político, de exceção, mas que tem o apoio do povo brasileiro, que o quer como presidente.

Este livro, espero, que todos vocês leiam, divulguem, me apoiem e me ajudem, porque é uma forma de eu me defender, é uma forma de eu defender o legado de Lula, o legado do PT, e principalmente legado dos democratas, dos patriotas, dos nacionalistas, dos socialistas, de todos aqueles que conosco lutaram por um Brasil melhor.

Um grande abraço.”

Assista o vídeo do Zé Dirceu:

Para promover o livro, Zé Dirceu lançou um vídeo de divulgação. Assista:

 

Oficialmente, o livro será lançado em agosto,  pela Editora Geração,  mas a pré-venda já está disponível aqui.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: