NO MEU VERSEJAR NÃO É HORA DE DIZER AMÉM

Por batista filho

não, não é hora
de baixar a cabeça
de dizer “amém!”
para o circo de terror
que a muitos entretém
enquanto o pior
sabemos
que já vem
que já vem
que já vem.

canto amor
canto alegria
canto o amanhecer

mas…

como tudo tem hora
toco a trombeta de alerta
pois os vampiros
não estão mais à espreita:
já ocuparam a casa inteira.
sentam-se ao redor da mesa
encenam de forma profana
a ceia fraterna dos humildes
enquanto se embriagam com nosso sangue.

não, não é hora
de baixar a cabeça
de dizer “amém!”
para o circo de terror
que a muitos entretém
enquanto o pior
sabemos
que já vem
que já vem
que já vem
antes da manhã raiar.

e a manhã
com certeza
há de chegar!
e o clarão da verdade
os espantará.

mas façamos nossa parte
nessa luta tão desigual
onde humanos
travestidos de lobos
nos tratam como cordeiros
não só aqui:
no mundo inteiro.

chega de alimentar vampiros.
que se entredevorem entre si
enquanto tratemos de alimentar
nossos anciãos e filhos.

(no meu versejar
por enquanto
não é hora de dizer amém.)

Fonte: Facebook

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.