PF e Ministério Público encontram elo ligando miliciano Capitão Adriano a acusados da morte de Marielle

Elo entre o miliciano Adriano da Nóbrega na Bahia e o ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de assassinar a vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes, seria uma concessionária de luxo localizada no Rio de Janeiro

Segundo reportagem do UOL, Adriano usava uma concessionária de luxo, localizada na zona oeste do Rio, para vender e comprar automóveis. O lugar havia sido alvo de pesquisas online feitas por Ronnie Lessa e também era frequentado por um de seus homens de confiança, que acabou preso sob a acusação de ocultar as armas utilizadas no crime .

“O estabelecimento Garage Store é suspeito de transacionar com Adriano da Nóbrega, alvo da Operação Intocáveis, e foi pesquisado por Ronnie Lessa junto à ferramenta Google”, destaca trecho do relatório publicado pelo UOL.

Ainda segundo a reportagem, o empresário Márcio Mantovano, apontado como um dos homens de confiança de  Lessa e que foi preso pela participação de jogar as armas do crime no mar, era frequentador da concessionária.

Fonte Portal Brasil 247

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: